Corinthians feminino

Corinthians Osasco Audax empatou em 2 a 2 o Iranduba-AM nesta quarta-feira (Foto: Divulgação)

LANCE!
25/03/2016
09:30
São Paulo (SP)

O Corinthians Osasco Audax, clube formado em parceria do Timão com o Grêmio Osasco Audax, começou com o pé direito a segunda fase do Campeonato Brasileiro Feminino. Nesta quarta-feira, a equipe do técnico Arthur Elias empatou em 2 a 2 com o Iranbuba-AM fora de casa e manteve sua campanha invicta na competição. O dado marcante desta partida é que surpreendentes 8.147 torcedores pagaram ingressos na Arena da Amazônia, formando o maior público do estádio em toda a temporada até o momento. Curiosamente, foi a primeira vez que as mulheres pisaram no gramado do estádio utilizado na Copa do Mundo de 2014 para uma partida oficial.

O Corinthians Osasco avançou à segunda fase do Brasileirão Feminino na liderança de sua chave, com dez pontos somados. A equipe venceu Rio Preto (2 a 1), América-MG (3 a 0) e Vasco (6 a 0), além de um empate sem gols com o Centro Olímpico. Na abertura da segunda fase, empate com o Iranduba que antecede o próximo compromisso, quarta-feira, às 17h, contra o São José, no estádio José Liberatti, em Osasco.

Antes de voltar para casa, porém, o time feminino do Corinthians tem muito a comemorar: os 8.147 torcedores marcaram o melhor público da Arena da Amazônia em 2016, contando inclusive a partida desta quinta-feira, entre Fast Club-AM e Paysandu, pela Copa Verde. O compromisso pelo torneio regional teve público de apenas 4.357 torcedores. Anteriormente, o estádio de Manaus contou com menos de mil pagantes para Fast x Águia de Marabá, pela Copa Verde, e Nacional-AM x Genus-RO, em amistoso. A única vez em que recebeu público razoável foi em um amistoso entre amigos do lutador José Aldo e do piloto Antônio Pizzonia.