Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
10/06/2016
18:21
São Paulo (SP)

O zagueiro Felipe será o capitão do Corinthians no clássico contra o Palmeiras, domingo, no Allianz Parque. Mesmo com transferência para o Porto, de Portugal, próxima de ser sacramentada, o zagueiro está confirmado no Dérbi, que pode marcar a despedida dele do Timão.

Segundo o técnico Tite, a iminente venda não prejudica a concentração do defensor. Ele também comentou a situação de Yago, que retorna à equipe após mais de um mês afastado por suspensão de doping.

- O Felipe será o capitão da equipe. Ele tem capacidade de ficar voltado para o jogo, depois é com a direção. Já o Yago é um cara muito centrado, estou muito tranquilo com a participação dele no jogo - declarou.

O comandante alvinegro, contudo, lembrou que no passado Felipe chegou a ter seu desempenho prejudicado por conta de negociações.

- Há algum tempo atrapalhou, e eu o chamei para conversar. Chamei o Eduardo (Ferreira, diretor adjunto de futebol) também. Quando essas negociações aconteciam, o Felipe desconcentrou. Chamei ele na minha sala, falamos a respeito, ele entendeu também, administrou, retomou seu foco. A gente via que o desempenho dele no treinamento não era igual. Não é o caso agora - revelou.

Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, afirmou que espera selar a venda de Felipe nos próximos dias. O negócio renderá R$ 24 milhões ao Timão, que ainda manterá 25% dos direitos econômicos do atleta.

Segundo o mandatário, Felipe pode fazer o último jogo com a camisa alvinegra neste domingo, mas tem chances de ainda enfrentar o Fluminense, quinta-feira, e participar de outras partidas antes de se transferir.

- Não tem data acertada para ele sair, temos de acertar tudo. Na semana que vem vamos finalizar. Não dá para cravar que é o último jogo. Pode ser ou não. Na Europa estão de férias, voltam no início de julho. Vamos aguardar - disse o presidente, que garantiu não haver nenhuma negociação por um substituto de Felipe no momento.