Lucca Corinthians

Em jogos oficiais, Lucca tem dois gols pelo Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)

Lucas Faraldo
13/11/2015
18:03
São Paulo (SP)

Que tal um energético? O Corinthians sofreu para furar a retranca do frágil Red Bull Brasil em jogo-treino realizado na tarde desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. O Timão, escalado grosso modo com jogadores reservas, saiu perdendo para a equipe campineira, mas conseguiu o empate de 1 a 1 graças a um gol Lucca, que já vem tendo papel importante na reta final do Brasileirão.

A partida foi dividida em dois tempos de 35 minutos. Os jogadores que atuaram como titulares na partida do último sábado, contra o Coritiba, treinaram num campo separado. Gil, Elias, Renato Augusto e Cássio estão na Argentina com a Seleção Brasileira.

O Corinthians foi escalado com: Walter, Fagner, Edu Dracena, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Cristian e Rodriguinho; Lucca, Romero e Danilo. O destaque ficou com a presença dos laterais Fagner e Uendel, recuperados de lesões.

O Red Bull, do técnico Mauricio Barbieri, entrou em campo com: Kewin, Alex Reinaldo, Anderson Marques, Gérson e Vitor Hugo; Luan, Nando Carandina e Artur Caculé; Wellignton, Romão e Judson.

Na primeira etapa, a partida ficou marcada pelos lances pegados e pela alta quantidade de faltas. Romero ganhou uma bola no meio de campo, arrancou em direção ao gol rival, mas perdeu chance clara após a saída de Kewin.

Para a etapa final, Tite promoveu as entradas de Matheus e Lincom nos lugares de Walter e Romero. O paraguaio, porém, logo retornou ao time na vaga de Cristian. Assim Danilo foi recuado. Por fim, Rodrigo Sam teve chance no lugar de Yago.

Com dificuldades para furar a bem postada defesa do Red Bull, o Corinthians dava chance de contra-ataque aos rivais. Numa delas... Nando Carandina se infiltrou entre Fagner e Edu Dracena e estufou as redes de Matheus.

Precisando de um gol para ao menos empatar o duelo, o Corinthians abusou de jogadas pela direita com Fagner e Romero. Numa delas, o paraguaio fez boa jogada, se livrou da marcação e cruzou. Lucca, um pouco desajeitado por conta da marcação, conseguiu empurrar a bola para o fundo das redes.

A lição que fica é: líder isolado do Campeonato Brasileiro, o Corinthians já provou ter um time muito bom, com facilidade para repôr peças. Em termos de elenco, no entanto, seria interessante um incremento para o próximo ano. Hora de  tomar um enérgico e resolver o "problema"?