Bruno Cassucci
04/09/2016
15:24
São Paulo (SP)

A necessidade pode fazer o Corinthians cumprir uma velha promessa e dar maior espaço a jogadores formados nas categorias de base do clube. Além de utilizar pratas da casa que já estão no elenco profissional, o clube pode promover atletas da equipe de juniores. A ideia é dar chances a alguns garotos que se destacaram no Campeonato Brasileiro Sub-20, no qual o Timão está na final contra o Botafogo.

Depois de diversas baixas na última janela de transferência, o elenco alvinegro conta com 29 jogadores atualmente. Contudo, devido a convocações, lesões e suspensões, dificilmente o técnico Cristóvão Borges conta com todos à disposição. Assim, a base pode ajudar a completar o grupo.

Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians, conhece bem o elenco sub-20, já que até meses atrás tinha a função de coordenar a integração entre a base e o profissional. Ele destaca a força dos juniores do clube e dá pistas de atletas que podem ser promovidos.

- Existe a possibilidade (de promover jogadores). Conheço muito cada atleta que o Osmar Loss (técnico do sub-20) tem colocado no elenco, acompanhei toda a preparação deles desde janeiro. O Osmar trabalha com um dos elencos mais jovens desde que ele chegou ao Corinthians, não imaginava bons resultados agora, até pela pouca idade deles. Mas são atletas com muito tempo de casa, selecionáveis, que já estiveram conosco aqui no profissional. Temos uma expectativa muito grande pela evolução deles, que têm feito um grande Campeonato Brasileiro Sub-20, contam com o artilheiro, que é o Carlinhos, o Rodrigo Figueiredo, que é um meia em evolução... - disse  o dirigente.

- Depois da competição vamos sentar e reavaliar quem pode incorporar o plantel, mas a possibilidade é grande - completou.

A final do torneio está prevista para o dia 20, mas já nesta terça-feira a diretoria tem uma reunião para definir o futuro de duas joias. Os representantes de Fabrício Oya e Rodrigo Figueiredo se reunirão com Alessandro e, entre outros assuntos, discutirão o aproveitamento da dupla por Cristóvão Borges. Os meias são dois dos principais destaques do Timãozinho.

Outro nome não citado por Alessandro que pode ganhar chances é Léo Jabá, centroavante que treinou entre os profissionais no fim do ano passado, com Tite. Frequentemente convocado para as seleções de base, ele pode ajudar a suprir a ausência de atacantes no Corinthians, sobretudo na Copa do Brasil, competição na qual o recém-contratado Gustavo não pode atuar por já ter defendido o Criciúma.

- Nova direção e escândalos


Alessandro pretende nesta semana se aproximar de Fausto Bittar Filho, novo diretor do departamento de formação de jogadores do Corinthians. Após diversos escândalos nas categorias de base do clube, o antigo diretor José Onofre pediu para deixar o cargo no fim do mês passado.

- Conheci o Fausto quando ele era diretor de esportes terrestres, ainda não nos falamos depois que ele foi nomeado diretor do departamento de formação. As situações que aconteceram são prejudiciais à instituição. Tudo o que foi dito e especulado tem de ser julgado, tem de buscar informações, e cada um responder pelo que tem feito. Teve de mudar em função de uma melhora no departamento. Nossa preocupação é com as questões técnicas, como eles vêm treinando, quais as necessidades, qualificação de elenco, quantidade de atletas... Tem muitas discussões em pauta para que possamos cuidar cada vez mais da base. As melhorias têm sido absurdas. Infelizmente não é na velocidade que queremos, mas o presidente tem buscado melhorar. E se tem de mudar alguma coisa para melhorar, ele não vai deixar de fazer.

- Final pode não ser na Arena

O Corinthians pode recuar na ideia de mandar a final do Brasileirão Sub-20 na Arena para preservar o gramado do estádio. Isso porque a CBF mudou a decisão contra o Botafogo para o dia 20, véspera do duelo do time profissional contra o Fluminense, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.