Bruno Cassucci
23/04/2016
08:05
São Paulo (SP)

Enquanto o Osasco Audax luta para chegar à primeira final na elite do futebol, Corinthians tenta na semifinal do Paulistão, às 18h30, garantir sua 15ª decisão neste século.

Para isso, conta com a força da Arena, onde venceu todos os 12 jogos de 2016, mas ignora o retrospecto. Segundo o técnico Tite, que prevê um duelo difícil, o clube pode até estar acostumado a partidas decisivas, mas este time ainda não:

- O Corinthians não pegou nenhuma final ainda, não é maduro, está em um processo de amadurecimento, está se formando. Maturidade não se pega individualmente com jogador ou técnico, mas coletivamente - comentou.

Vale lembrar, que o século é considerado a partir de 2001, por isso não entra na conta o título mundial de 2000. Desde então, o Timão também ganhou três títulos por pontos corridos: os Brasileiros de 2005, 2011 e também do ano passado.

DESEMPENHO DOS RIVAIS

- Palmeiras: 4 finais
Dos grandes de São Paulo, é o que menos disputou decisões neste século. Venceu duas Copas do Brasil (2012 e 2015) e um Paulista (2008).

- Santos: 15 finais
Alvinegro Praiano é o grande paulista que mais disputou finais desde 2001. Peixe venceu nove e perdeu seis. Amanhã, pode chegar a 16.

- São Paulo: 9 finais
Dos rivais é o que não disputa uma final a mais tempo – a última foi a da Copa Sul-Americana, em 2012, seu último título. No século, ganhou cinco decisões.