Atletico Mineiro x Corinthians (foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Cristóvão estreou no comando do Corinthians nesta quarta-feira, com derrota (Foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

LANCE!
24/06/2016
14:41
São Paulo (SP)

Cristóvão Borges está no comando há apenas seis dias, mas aos poucos os jogadores do Corinthians já começam a notar as diferenças de característica e filosofia de trabalho do novo treinador em relação ao Tite, seu antecessor, que agora assumiu a Seleção Brasileira. Sem tempo suficiente para conhecer detalhadamente os conceitos de jogo de Cristóvão, o grupo já viu que pelo menos a personalidade é bem diferente do técnico que comandava o Timão desde o início do ano passado.

- Ele (Cristóvão) tem um jeito tranquilo, sereno, colocando bem suas palavras e passando a confiança necessária para a gente. São pessoas diferentes, claro, o Tite era um pouco mais enérgico. Mas a gente vai aprendendo e absorvendo essa parte dele - disse o volante Rodriguinho, titular na primeira formação de Cristóvão.

Em seu primeiro jogo como técnico do Corinthians, Cristóvão Borges mostrou seu estilo muito mais na entrevista coletiva após a partida do que durante os 90 minutos da derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, no Mineirão. O treinador iniciou a era pós-Tite repetindo ações do antecessor, sem mudanças no sistema tático (como já havia adiantado) e na escalação (mantida em sigilo até uma hora antes da partida).

Quando a bola parou, entretanto, Cristóvão falou coisas que torcedores e jornalistas que cobrem o Corinthians não estavam acostumados a ouvir. Enquanto Tite era comedido em seus pedidos, o novo treinador foi direto: precisa de reforços, declarou que acha o grupo de jogadores pequeno e vê a necessidade de mais atacantes, já indicando um estilo diferente do antecessor.

Substituto do novo técnico da Seleção Brasileira, Cristóvão Borges assinou contrato com o Corinthians até o fim de 2017. Sua estreia na Arena de Itaquera será neste sábado, às 21h, contra o Santa Cruz, pela 11ª rodada do Brasileirão.