Treino do Corinthians

Elias, de colete laranja, participou dos trabalhos da tarde desta quinta-feira, no CT (Foto: LANCE!Press)

LANCE!
24/03/2016
17:51
São Paulo (SP)

O volante Elias avançou mais uma importante etapa do processo de recuperação de uma fissura na fíbula da perna esquerda. Depois de tratar a lesão original, uma erisipela (infecção na pele) e permanecer duas semanas imobilizado, o camisa 7 do Corinthians participou normalmente dos trabalhos com bola comandados no CT Joaquim Grava na tarde desta quinta-feira. Elias tem realizado trabalhos de reabilitação física há uma semana, e enfim foi liberado para atividades no campo sob o comando dos auxiliares de Tite, Cléber Xavier e Matheus Bachi - o treinador apenas observou o trabalho.

Elias não entra em campo desde o dia 17 de fevereiro, quando participou da vitória por 1 a 0 diante do Cobresal (Chile), na abertura da Copa Libertadores. Agora, a expectativa é que o volante esteja 100% recuperado e apto para entrar em campo no dia 6 de abril, contra o Independiente Santa Fe (Colômbia), pela penúltima rodada da fase de grupos do torneio continental. A ideia do jogador, porém, é já participar da partida do fim de semana anterior, contra o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista. Elias já manifestou sua vontade ao técnico Tite.

- Fiquei duas semanas com a perna imobilizada, só comia e dormia, engordei, o que é normal. Agora tirei a bota, comecei a andar normalmente e já fiz trabalhos na piscina, recuperando a condição física. Espero que em uma semana ou dez dias eu possa estar de volta aí - disse Elias, ainda em fase de transição do departamento médico para o campo.

No treinamento desta quinta-feira, Elias participou normalmente e com vigor de todas as atividades. Sem os titulares da vitória por 3 a 0 sobre o São Bernardo em campo, apenas reservas e não relacionados estiveram no gramado para um trabalho técnico exigente, com cobranças por posse de bola, marcação pressão e precisão na troca de passes. Em um dos momentos da atividade, Elias dividiu time com Marlone e Rildo, já recuperados de lesão, mas ainda não relacionados para as competições nas quais estão inscritos.

O treino desta quinta ainda trouxe uma curiosidade: o volante Cristian participou de uma atividade solitário já depois do encerramento do treino. Matheus Bachi lançava bolas para o volante, posicionado pouco à frente da linha da grande área, e Cristian deveria dominar, girar o corpo e lançar o outro auxiliar, Cleber Xavier, que ficava do lado oposto de Matheus. Xavier cobrava a cada erro de Cristian, que teve dificuldades até acertar o lançamento.