Bruno Cassucci
22/12/2016
15:06
São Paulo (SP)

Fábio Carille falou firme em sua primeira entrevista como treinador do Corinthians. Horas depois de ser efetivado na função, o ex-auxiliar técnico disse não temer a pressão da torcida e da mídia e deixou claro quem será sua inspiração no comando da equipe: Tite, ídolo do Timão, atual técnico da Seleção Brasileira e amigo pessoal dele.

Acompanhado do gerente de futebol corintiano, Alessandro Nunes, e do diretor Flávio Adauto, Carille agradeceu pela oportunidade e falou o que a Fiel pode esperar da equipe com ele:

- Linhas organizadas, compactadas... Nunca escondi que é a linha do Tite, meu jeito de ser é parecido com o do Tite. Minha linha será parecida com a dele - destacou.

- Hoje a gente está formando uma equipe. E essa não é a primeira vez que estou dizendo isso (sobre Tite), não posso fugir do que quero ser. Não tenho medo nenhum, a pressão vai existir de qualquer forma - completou.

O Corinthians contratará um auxiliar técnico e um preparador físico para trabalhar com Carille. O técnico também receberá um aumento salarial e firmará novo contrato, já que atualmente tem apenas registro na carteira de trabalho com o clube.

- Serei cobrado por resultados, não só por jogar bem. Já peguei a equipe por seis jogos e houve uma avaliação em cima disso. Não é que estão me colocando para ver, já viram - falou.

O novo comandante alvinegro tem 43 anos e trabalha no clube desde 2009, quando foi convidado por Mano Menezes. Como técnico ele fez 10 jogos, tendo quatro vitórias, dois empates e quatro derrotas.