Maycon, do Corinthians

Volante esteve em todas as 26 rodadas do Campeonato Brasileiro como titular do time líder (Foto: Daniel Augusto Jr)

Gabriel Carneiro
05/10/2017
18:11
São Paulo (SP)

Maycon atuou em todas as partidas do Campeonato Brasileiro. Titular absoluto com o técnico Fábio Carille, o camisa 8 foi enaltecido pelo Corinthians nesta quinta-feira, por meio de uma nota no site do clube: mesmo atuando em todas as partidas, ele é um dos jogadores mais disciplinados do torneio, pois não levou nenhum cartão. O quesito disciplina foi um dos assuntos de uma entrevista coletiva em que o jogador de 20 anos mostrou maturidade, auto-crítica e senso de responsabilidade.

Em meio à má fase do Timão no segundo turno, um dos testes de Carille na escalação foi justamente sem Maycon. Com Rodriguinho na linha de volantes, o treinador observou uma formação mais ofensiva. E mesmo que tenha que sair do time, Maycon admite que o meio-campo precisa criar mais e o ataque ser mais efetivo para a equipe deslanchar novamente e aumentar a vantagem, que hoje é de oito pontos, na liderança do Brasileirão.

- É algo que o Fábio testa para ver se encaixa uma forma de surpreender o adversário. São testes e o tempo sem jogos serve para isso. O elenco inteiro, todos caíram de produção. Estamos jogando abaixo sim, mas estamos trabalhando, voltando a ser o que era. Caiu o rendimento do ataque, do meio e da linha defensiva. Um esporte conjunto quando um cai, todos caem. O meio-campo é fundamental, então concordo, estamos deixando a desejar em alguns jogos - disse o garoto do Timão, que anda preocupado (mas motivado) com o momento de sua equipe no Brasileirão.

- Estamos motivados porque o campeonato está se encerrando e temos uma vantagem boa, mas que não permite acomodação. Temos que manter pés no chão e voltar a ser o time do primeiro semestre para abrir mais vantagem ou manter. Quanto mais jogos a gente ganhar melhor será, é o nosso foco. Estamos buscando nosso melhor desempenho pensando no título. Não estamos confortáveis. É uma vantagem boa, mas é perigosa. Se perdemos as equipes já encostam, põem pressão, eles se animam. Precisamos vencer.

Na próxima rodada, apesar dos testes realizados por Carille, Maycon deve seguir como titular do Corinthians diante do Coritiba. Isso porque seu parceiro Gabriel está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Quem deve entrar na vaga é Camacho, conforme indicou o treino desta quinta-feira no CT Joaquim Grava.

- É uma perda grande, um jogador entrosado com o time. O sistema está muito bem encaixado com o pessoal da linha de quatro, mas o Camacho está junto com a gente e tem outros jogadores. Vamos tentar fazer da melhor forma esses jogos em que ele (Gabriel) ficará de fora.

Já sobre a disciplina, Maycon demonstrou orgulho por não ter recebido cartões no ano. Mas disse que até merecia uns e outros...

- No jogo a gente não liga muito para isso, quer ajudar a equipe de todas as formas. Em alguns lances eu achei que poderia ter sido cartão, mas o juiz não interpretou assim. Isso se deve à nossa equipe ser bem postada, bem organizada. Eu tenho uma leitura boa e a linha defensiva bem montada facilita para mim. Que continue assim.