Alexis Garcia

Alexis Garcia, o primeiro da direita para a esquerda, é técnico do Santa Fe desde 22 de março (Foto: Divulgação)

Gabriel Carneiro
06/04/2016
12:00
Enviado especial a Bogotá (Colômbia)

Substituto de Gerardo Pelusso, que entrou em acordo pela saída após desentendimento com o meia Omar Pérez, Alexis Garcia tem três partidas no comando do Santa Fe, e conseguiu somar nove pontos no Campeonato Colombiano. Nesta quarta-feira, ele faz sua estreia na Copa Libertadores contra o Corinthians, pela quinta rodada da fase de grupos. Estreia sim, mas só como treinador.

Nos 3 a 0 do Santa Fe diante do Cobresal, no último dia 15, Alexis trabalhou em El Campín, mas na função de “periodista”, jornalista esportivo. Aos 55 anos, o ex-jogador aposentado se aventurou como comentarista entre a saída do Fortaleza (COL), no fim de 2014, e a chegada ao Santa Fe, em 22 de março deste ano. Neste intervalo, ele foi contratado pelo canal Fox Sports da Colômbia, e comandou um programa ao lado de Aristizábal, também ex-jogador, com passagens por clubes como Santos, São Paulo, Cruzeiro e Vitória no Brasil.

Curiosamente, o auxiliar escolhido por Alexis Garcia foi um ex-jogador do Santa Fe que estava trabalhando na mesma função, mas no canal ESPN da Colômbia. Gerardo Bedoya, o auxiliar de Alexis, foi até expulso em seu primeiro jogo no clube por reclamações.

Dos microfones à prancheta e apitos, Alexis Garcia tentará dificultar a vida de Tite na noite desta quarta-feira.

– Tenho muita confiança no meu time, pois tenho um elenco qualificado que sabe como ganhar os jogos e é competitivo. Muitas vezes vimos este time vencer as partidas mesmo não dando o melhor que podem. Imagine agora, quando enfrentará o campeão brasileiro e precisando vencer - confia.