LANCE!
01/09/2016
18:43
São Paulo (SP)

O diretor adjunto de futebol do Corinthians, Eduardo Ferreira, usou uma metáfora para explicar as saídas de jogadores. O dirigente comparou a debandada a uma diarreia.

- A diretoria sabe o que vem sendo feito. Temos que entender que, às vezes, é melhor ter uma dor de barriga forte, ou seja, uma boa diarreia, de grande volume, e logo sanar isso, do que ficar tendo essa dor de barriga por dias e dias, anos e anos. Estamos passando um pouco de sufoco agora para que nos próximos anos o clube tenha uma situação financeira melhor, que não precise e dependa mais de ninguém - afirmou o dirigente, à Rádio Globo/CBN.

O Corinthians perdeu nas últimas semanas dois volantes titulares e dois atacantes. Bruno Henrique foi negociado com o Palermo (ITA), Elias e André foram para o Sporting (POR), e Luciano foi emprestado ao Leganés (ESP).

Entre vendas, liberações gratuitas e empréstimos, o Corinthians "abriu mão" de 20 jogadores ao longo desta temporada, e arrecadou um valor próximo de R$ 125 milhões com todas as transferências.

Na última semana, o Timão anunciou a contratação de dois jogadores: o volante Jean, que estava no Paraná, e o atacante Gustavo, ex-Criciúma. Os dois, porém, não podem atuar pela Copa do Brasil.