Fabricio Oya, do Corinthians

Meia terminou a Copa do Brasil sub-17 com cinco gols marcados (Foto: Agência Corinthians)

LANCE!
01/06/2016
18:08
São Paulo (SP)

Fabricio Oya é o jogador mais valorizado das categorias de base do Corinthians, com contrato profissional válido até 2018 e multa rescisória avaliada em 50 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões). Em campo, o garoto de 16 anos tem correspondido às expectativas. Com cinco gols marcados e boa participação na maioria dos jogos, o camisa 10 do time sub-17 do Timão foi destaque da campanha que rendeu o título da Copa do Brasil, principal torneio nacional juvenil. A conquista ocorre justamente em seu último ano de sub-17.

- Estou muito feliz com essa conquista inédita. É meu último ano de sub-17, então tem um valor maior para mim. Só tenho de agradecer a todos. Não seria destaque sem o apoio e força de todo o grupo, da comissão técnica. Dedico tudo isso a eles. Vamos em busca de mais títulos - diz o meio-campista, também destaque no Mundial sub-17 do ano passado e da Taça BH também na última temporada.

Fabricio Oya está no Corinthians desde 2012, quando deixou o futsal para se arriscar nos gramados. Desde o sub-13, cresceu no Corinthians e alcançou status de joia da base. Em 2015, o meio-campista se destacou na Milk Cup, uma tradicional competição de base disputada na Irlanda do Norte, e a partir disso se tornou alvo de gigantes internacionais, como Manchester United e Liverpool, da Inglaterra.

Apesar de seguir monitorado por forças de fora do país e do time profissional do Corinthians não dar muito espaço às categorias de base, Fabricio segue sonhando com uma chance de se profissionalizar no time do coração.

- O futuro a Deus pertence, então vou fazer meu trabalho da melhor maneira possível para merecer uma chance. Que o professor Tite possa estar olhando. O que eu mais sonho é jogar pelo profissional do Corinthians na Arena diante daquela torcida maravilhosa - diz o garoto.