Danilo, do Corinthians, em entrevista coletiva

Danilo concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (Foto: Bruno Cassucci)

Bruno Cassucci
22/01/2016
14:59
Enviado especial a Orlando (EUA)

Seja de meia ou de atacante, Danilo quer jogar. O veterano meia do Corinthians, de 36 anos, lamenta as saídas de jogadores do elenco alvinegro, mas vê na debandada uma oportunidade de voltar a se firmar como titular.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o camisa 20 disse não ter preferência por posição e avisou:

- Vou brigar para jogar, independentemente de ser no meio ou ataque. A gente tem que respeitar os companheiros, mas vou dar o máximo nos treinamentos, nem que seja de atacante, respeitando a todos, mas quero jogar - declarou.

O jogador ainda falou o que pode acrescentar ao Timão com o seu estilo atuando mais avançado.

- Sou meia-atacante, esse jogador que vem mais de trás, mas já joguei na frente. Sou jogador de pivô, meu ponto forte é o passe, aproveitar as infiltrações que vem de trás. Mas vou continuar fazendo minha parte, quem decide é o professor, farei o meu melhor para ajudar - declarou.

Danilo, contudo, será reserva no amistoso contra o Fort Lauderdale Strikers (EUA), neste sábado. Isso porque Tite utilizará toda a equipe reserva, a fim de dar ritmo de jogo e observar atletas que vêm sendo menos aproveitados.