LANCE!
05/10/2016
23:31
São Paulo (SP)

O Corinthians ficou na bronca com o árbitro Rodolpho Toski Marques na noite desta quarta-feira. Ele anulou um gol de Gustavo no primeiro tempo da partida contra o Atlético-MG, alegando falta em Gabriel, e também não anotou pênalti no zagueiro Balbuena, em lance reclamado pelo Timão.

Os jogadores alvinegros deixaram a Arena criticando o trio de arbitragem e lembraram que diante do Botafogo, no último sábado, a equipe sofreu um gol irregular.

- Achei que a gente foi merecedor da vitória, tivemos um gol mal anulado. Quando o Corinthians é favorecido, todo mundo fala, agora tem que falar também. Contra o Botafogo tomamos gol impedido, agora é hora da gente falar - bradou o meia Marquinhos Gabriel.

- Quando o Corinthians é favorecido a mídia fala pra caramba, mas hoje nós fomos prejudicados de novo - completou.


Envolvido no lance capital, Gustavo disse não ter cometido falta:

- Na minha opinião não foi falta, peguei primeiro a bola, mas fazer o que? Ele apitou.

Técnico do Timão, Fabio Carille não quis polemizar e declarou que iria ver o lance depois, ao chegar em casa. Do outro lado, Marcelo Oliveira, comandante do Atlético-MG, também reclamou do árbitro, mas por outros motivos, como a expulsão do volante Leandro Donizete.

- Vamos ver o lance direito, porque segundo o Gabriel ele iria tirar a bola de cabeça e levou uma entrada por trás. Se foi assim, na minha opinião, deveria ter cartão amarelo. O cartão do Leandro Donizete foi ridículo. Achei o árbitro pouco experiente, tem que ver quem decide, senão vão ter clássicos do Brasil com árbitros inexperientes - opinou.