Renato Augusto - Treino do Corinthians (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Renato Augusto concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

LANCE!
04/11/2015
19:41
São Paulo (SP)

Ao contrário do atacante Vagner Love, o meia Renato Augusto é contra uma eventual volta olímpica do Corinthians no sábado em caso de vitória sobre o Coritiba. Isso porque o título brasileiro só pode se confirmar no dia seguinte, em caso de tropeço do Atlético-MG diante do Figueirense.

​Segundo o camisa 8 do Timão, não festejar no sábado é uma forma de respeito. Para ele, garantir a taça sem estar em campo não é o ideal, mas se isso ocorrer não irá ofuscar a vitória alvinegra.

​- O ideal é sempre (ser campeão) jogando. De repente, não acreditavam em vitória nossa sobre o Atlético-MG e então colocaram datas diferentes dos jogos dos times. Mas isso não vai apagar o brilho do título. Tem que encarar o jogo contra o Coritiba como uma final. Festejamos a vitória sobre o Atlético-MG, curtimos, mas não ganhamos nada - declarou.

- Como vai fazer volta olímpica se não for campeão? Tem que respeitar o Coritiba, que vai ser um adversário muito difícil. Os piores jogos são contra times que estão brigando para não cair - completou.

Um dos destaques do Corinthians no Brasileirão, Renato admitiu estar muito desgastado física e mentalmente. Por isso, vê com bons olhos a possibilidade de ganhar férias antes do fim do campeonato caso o título venha antecipadamente.

- Sou a favor de férias, por ter sido um ano bem desgastante, em viagem, jogos, partidas cada vez mais corridas... Alguns jogadores estão bem desgastados, como eu, que estou perto do meu limite físico. Sou a favor de férias, se tiver a oportunidade de tirar o pé - comentou.

O último duelo do Timão no Nacional é dia 6 de dezembro, contra o Avaí, na Arena. Antes disso a equipe encara o Coxa, o Vasco, o São Paulo e o Sport.