Gabriel Carneiro
09/09/2016
06:45
São Paulo (SP)

As derrotas do Santos contra o Internacional e do Grêmio diante do Coritiba permitiram ao Corinthians, que fez sua lição de casa e superou o Sport por 3 a 0 nesta quinta-feira, abrir vantagem de quatro pontos no G4, atrás apenas de Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG. Após a goleada em Itaquera, o técnico Cristóvão Borges celebrou a possibilidade de não se distanciar dos ponteiros da tabela e disse que ainda é possível brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Hoje, o Timão soma 40 pontos e está confortável entre os quatro primeiros, mas seis atrás do líder Palmeiras, a quem enfrenta no próximo dia 17.

- Esse time até então não sabemos qual o limite, e estamos buscando o melhor. O jogo do Fluminense foi assim, segundo tempo contra o Sport assim, e eu vejo melhoras. Acredito nisso. Isso acontecendo, com a junção da melhora de alguns jogadores que estavam oscilantes, mantendo regularidade em termos de atuação e performance, ficamos mais fortes. Podemos brigar pelo título - avalia o treinador do Corinthians.

Apesar das saídas recentes de jogadores importantes do elenco, como Bruno Henrique, Elias e André, duas novas peças foram integradas e estrearam nesta quinta-feira: Gustavo, acionado na vaga de Cristian logo no intervalo, e Jean, que substituiu Giovanni Augusto aos 39 minutos da etapa complementar. O atacante, especialmente, ganhou elogios do comandante. Além de celebrar a evolução individual de jogadores que já estavam no grupo, Cristóvão vê agora a possibilidade de variações graças à chegada de novas peças.

- Nós estamos precisando evoluir, e ter um atacante de referência é uma opção. No jogo contra o Sport o problema maior não foi ter referência, era na construção do jogo. Melhorou na construção com a entrada do Gustavo. Ele pressionou, deu trabalho na defesa, é um jogador alto, que disputa a bola no alto. Isso tudo é importante, conta, soma - admitiu o treinador, que terá apenas dois dias de trabalho antes da partida contra o Santos, domingo, fora de casa.

Na Vila Belmiro, Cristóvão não terá o zagueiro Yago, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas Vilson já é o substituto confirmado. Há possibilidade dos retornos de Fagner, Marquinhos Gabriel e Guilherme, que se recuperam de diferentes problemas. Reforçado, o Timão não tem chance de sair do G4 nem se for derrotado pelo Peixe. As perspectivas mudaram.