Lucca e Yago
LANCE!
15/02/2016
11:52
São Paulo (SP)

O elenco do Corinthians se reapresentou ao CT Joaquim Grava na manhã desta segunda-feira, dia seguinte à vitória por 2 a 0 no clássico diante do São Paulo, jogo que manteve o time do técnico Tite com 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista. Apesar do bom rendimento no torneio estadual, o foco do Timão agora é a Copa Libertadores. De olho na conquista do bicampeonato continental, o grupo realizou trabalhos leves pela manhã e se prepara para embarcar às 17h30 para Santiago, onde fica hospedado até quarta-feira, data da partida contra o Cobresal, pela primeira rodada da Libertadores. O jogo será no estádio El Cobre, em El Salvador (a mil quilômetros de Santiago), quarta, às 22h.

Para repercutir a vitória do clássico e relatar as expectativas para o compromisso da Libertadores, o Timão escalou o atacante Lucca e o zagueiro Yago para concederem entrevista coletiva nesta segunda-feira. Entre risadas por causa do desconhecimento do nome da cidade onde fica o estádio do Cobresal, dúvidas sobre o time chileno, que venceu a Primeira Divisão do país pela primeira vez no ano passado, e temor sobre a viagem a El Salvador, a dupla mostrou bom humor no dia do embarque para o Chile. Não é à toa... A vitória no clássico diante do São Paulo animou o Timão internamente.

- Ganhar do São Paulo é importante para o entrosamento do grupo e também para mostrar que estamos prontos, para dar confiança na Libertadores - explicou o zagueiro Yago, que revelou comentários no vestiário do Corinthians sobre as dificuldades para o jogo contra o Cobresal:

- A gente estava comentando na academia que essa viagem dá bastante emoção, a começar pelo voo, que vai ser complicado (risos). Cidade pequena, mas pra chegar numa Libertadores sabemos que é uma equipe difícil de vencer. Eu prefiro me preparar para o pior. Não quero ser surpreendido. Estamos preparados para 7 mil, 8 mil, 20 mil pessoas, 100 mil no estádio, nossa profissão é carregada de pressão e temos que nos adaptar para buscar a vitória - sentenciou o defensor alvinegro.

Lucca também revelou sua expectativa para o compromisso de estreia na Copa Libertadores. Apesar de saber pouco sobre o Cobresal, o talismã de 2015, postulante a titular em 2016, espera vitória na primeira rodada.

- A gente costuma jogar aqui no Brasil contra atletas que teoricamente a gente conhece. Mas a comissão está preparando os vídeos para a gente saber mais do adversário, para estar ciente do que precisa fazer dentro de campo. Não sei como é jogar na altitude, mas tenho que me adaptar. Pode ser que sinta um pouco, mas de alguma maneira tenho que me preparar para que isso não aconteça. Foi passado isso, que é muito calor e altitude, mas Libertadores tem essas dificuldades e precisamos saber lidar - afirmou Lucca, antes de ser pego de surpresa com uma pergunta sobre a logística do Timão na Libertadores.

- Treinamos, agora a gente sai 15h ou 16h e depois pega o avião para Santiago. Mas o nome da cidade lá... aí você que me complicou - divertiu-se.