Lucca, do Corinthians

Lucca atuou em todos os jogos do Corinthians nesta temporada (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Bruno Cassucci
11/03/2016
16:03
São Paulo (SP)

Titular com contrato mais curto no Corinthians, o atacante Lucca ainda não tem permanência garantida no clube após 31 de maio de 2016, quando termina seu empréstimo do Criciúma. Até o momento, o clube catarinense rejeitou todas as investidas do Timão e não cede na pedida de R$ 9 milhões por 100% dos direitos econômicos. O clube dono dos direitos de Lucca, aliás, não cogita nem a possibilidade de prorrogar o empréstimo do jogador caso o Corinthians avance à fase de confrontos eliminatórios da Copa Libertadores.

A fase de grupos do torneio continental termina no dia 20 de abril, pouco mais de um mês antes do fim do empréstimo de Lucca. As oitavas de final ainda não têm data definida, mas segundo o cronograma prévio da Conmebol, o vínculo do atacante de 26 anos terminaria entre as oitavas e as quartas de final da Libertadores. Apesar de Lucca ser titular do Corinthians na atualidade, o Criciúma não pensa em estender o empréstimo em caso de classificação. 

- Se não houver acerto até o fim do contrato, o Lucca voltará ao Criciúma. Não cogitamos reemprestá-lo - afirmou, ao LANCE!, Jaime Dal Farra, presidente do Criciúma.

- Tenho conversado com o presidente Roberto de Andrade, até para comentar quando outros clubes nos procuram sobre o Lucca. Houve sondagens do Brasil e do exterior, mas nada concreto. O Corinthians tem a nossa prioridade. O problema é que está todo mundo sem dinheiro - completou o dirigente do clube catarinense.

A diretoria do Corinthians abriu negociações com o Criciúma no fim do ano passado. O objetivo do Timão era adquirir apenas uma parte dos direitos econômicos do atleta, que estão divididos entre o Criciúma (65%) e o Cruzeiro (35%), ex-clube de Lucca. O Tigre, no entanto, não aceitou e informou que só negociará 100%. Nas férias, Lucca visitou o Criciúma e manifestou desejo de seguir no Corinthians. Em 2015, ele fez dez jogos e três gols com a camisa alvinegra, e neste ano são dois gols em 11 partidas.