LANCE!
26/05/2016
14:50
São Paulo (SP)

Titular do Corinthians desde 2012, o goleiro Cássio se mostrou chateado por ter perdido a vaga no time principal no início deste Brasileirão. A saída aconteceu no jogo contra o Grêmio, na estreia do campeonato, quando Cássio pediu dispensa por conta do falecimento da avó. Walter foi o escolhido para o duelo e passou a ser o novo titular do Timão.

- Não sendo irônico, mas eu espero que não faleça mais ninguém. Eu fiquei bem chateado com essa história, para ser sincero. Até então, eu ia jogar contra o Grêmio, e de repente eu volto e não jogo mais. Foram duas pancadas, uma atrás da outra. Eu sou ser humano e tenho sentimentos. Vida que segue, não dá para ficar choramingando. Vou trabalhar forte para recuperar meu lugar - afirmou Cássio, após a vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, nesta quinta-feira.


- Com o Tite, eu fiquei chateado no momento. Mas em nenhum momento eu deixei de treinar. A gente fica chateado às vezes com outras pessoas que trabalham com a gente, que poderiam estar mais atentos e ter falado isso antes pra gente. Alertar que isso poderia acontecer, que estava tendo uma queda de rendimento. Quando você tem um treinador específico, ele tem de te falar isso, estar mais próximo, olhar olho a olho e falar que tem que melhorar - acrescentou Cássio, se referindo a Mauri, preparador de goleiros do clube.

Em entrevista coletiva depois da partida, o técnico Tite também comentou sobre o assunto e admitiu que há outro motivo para a saída de Cássio do time titular - além de não ter atuado diante do Grêmio. O treinador, entretanto, não revelou a razão e disse que já conversou com o goleiro.

- É uma parte isso (o falecimento da avó e a ausência no jogo contra o Grêmio), a outra ele sabe, conversei com ele, tem outro componente, vou preservar o vestiário. Ele sabe, nós sabemos... Estamos aqui para apoiar. Essa é uma parte, a outra é nossa. É dessa viagem e de uma situação que paralelamente acaba acontecendo. Ontem (quarta-feira) a gente conversou legal sobre isso. Num momento oportuno você vão saber, agora é de vestiário - afirmou Tite.


Confira outras declarações de Cássio:

Agora reserva, pretende continuar no Corinthians?
Minha prioridade é recuperar minha posição aqui, mas eu não sei o que vai acontecer no futuro, se vai aparecer alguma coisa, que seja boa para mim ou para o Corinthians.

Qual foi a justificativa pela troca de goleiro titular?
Eles justificaram o que vocês viram. Do Walter estar em um momento melhor que eu. Eu respeito o treinador. Eu tenho que respeitar ele. Eu tenho que trabalhar e me dedicar para recuperar a minha posição. Não fiquei contente, mas respeito. Tenho história, mas não vaga cativa. Agora é trabalhar. Com todo respeito ao Walter, mas tenho uma história aqui e vou trabalhar para recuperar minha posição.