Cassio Corinthians (foto:Eduardo Viana/LANCE!Press)

Cássio afirmou que o Santos é o favorito a conquistar o título da Copa do Brasil (Foto:Eduardo Viana/LANCE!Press)

LANCE!
26/11/2015
18:22
São Paulo (SP)

Com o título brasileiro já garantido pelo Corinthians e restando apenas duas partidas para o fim da temporada, o goleiro Cássio abordou temas não relacionados ao Timão em entrevista coletiva nesta quinta-feira. Um deles foi a despedida de Rogério Ceni, ídolo do rival São Paulo, que recebeu diversos elogios do camisa 12 corintiano.

Cássio apontou Ceni como uma referência na posição e, deixando o clubismo de lado, rasgou elogios ao Mito.

- Acho que não interessa o clube em que ele joga, a história que ele fez no São Paulo e a carreira que ele tem ficam pra sempre. Eu tenho um respeito muito grande por ele, tem uma carreira impecável, conquistou quase todos os títulos possíveis, menos a Copa do Brasil, e sempre teve destaque nos títulos do São Paulo  - declarou.

- Parabenizo ele, é um exemplo, no Brasil não tem essa cultura de um jogador jogar bastante em um clube. Isso não é normal, na minha opinião ele é o maior ídolo da história do São Paulo. Tem que dar parabéns e desejar felicidades na próxima empreitada na carreira. Foi uma referência para os goleiros - completou Cássio, que previu vida dura para quem tiver de substituir o ídolo tricolor.

O goleiro do Timão ainda deu seus pitacos sobre a final da Copa do Brasil. Ele declarou não ter visto a primeira partida da decisão entre Santos e Palmeiras, apenas vídeos dos melhores momentos. Mas nem por isso deixou de comentar o duelo e até escolher um favorito à conquista da taça.

- Parece que o Prass foi muito bem, antes mesmo de ter a primeira partida achava o Santos favorito, pois vem muito bem, é um dos melhores do Brasil no momento e, mesmo priorizando a Copa do Brasil, está forte no Brasileiro. Pelo jogo, acho que o resultado foi bom para o Palmeiras, pois o Prass foi o homem da partida. Acredito que o Santos mantém regularidade dentro e fora de casa, tem transição rápida, jogadores velozes no ataque, acho que é favorito.

Vale lembrar que o Corinthians foi eliminado da Copa do Brasil justamente para o Santos, nas oitavas de final, tendo sofrido duas derrotas: 2 a 0 na Vila Belmiro e 2 a 1 na Arena.