LANCE!
06/10/2016
00:20
São Paulo (SP)

Sem sair do empate sem gols com o Atlético-MG na Arena, o Corinthians chegou a seis jogos sem vencer no Brasileiro e viu a distância para a zona de classificação à Libertadores chegar a três pontos. Apesar da pressão para voltar a encontrar o caminho das vitórias, o técnico Fábio Carille ficou satisfeito com o desempenho da equipe alvinegra. 

Após a partida, o comandante avaliou que o Timão está no caminho certo - principalmente no que se refere à criação. Carille exaltou as chances criadas pelos donos da casa e afirmou que é necessário lapidar os atacantes para que aproveitem as oportunidades que surgirem. 

- Nossa preocupação no primeiro tempo, que tornou o jogo perigoso, foram erros de passes simples. Mas corrigimos, crescemos e controlamos o jogo. Claro que preocupa não vencer, é trabalhar os atacantes para quando tiver chance fazer os gols. Mas seria pior se não estivéssemos criando. Foram 19 finalizações contra 11 de um adversário forte - afirmou o treinador.


- Sensação triste pelo resultado, mas feliz pelo rendimento. Tudo o que estamos trabalhando nos jogos está acontecendo, e chegamos com muita gente dentro da área. Agora é trabalhar mais com os atacantes para podermos transformar isso em vitórias. Mostrar os caminhos e ter calma - acrescentou.

Carille tentou tirar a responsabilidade das costas de Gustavo. Em noite inspirada, o atacante de 22 anos teve gol mal anulado pelo árbitro Rodolpho Toski Marques e ainda parou três vezes no goleiro Victor. O treinador elogiou os esforços do menino, mas reconheceu que ele ainda precisa amadurecer.

- Todos os jogadores que chegaram desde que estou aqui sempre tivemos mais paciência para colocar. Castan, Romarinho, Paulinho... Com o Gustavo, pela necessidade, aceleramos o processo. Sempre buscamos um 9 e ele chegou para ser o 9 depois que André e Luciano não deram resposta que esperávamos. Hoje ele melhorou bem, fez pivô, parou a bola e vai melhorar o dia a dia. Ele não precisa desse peso de ter que fazer gol - explicou Carille.

Agora, o Corinthians terá uma semana de folga para se preparar para o duelo contra o Santa Cruz, no Arruda, válido pela 30ª rodada da competição. O tempo será fundamental para Carille trabalhar com seus atacantes, já que o Timão precisa vencer para seguir na briga por uma vaga na Libertadores. 

- Dos cinco jogos que dirigi só fomos muito abaixo contra o Botafogo. É manter o que vem sendo feito e procurar fazer os gols quando tivermos oportunidade - encerrou o comandante alvinegro.