Guilherme Amaro
18/08/2017
13:00
São Paulo (SP)

Após o fim da 14ª rodada, o Corinthians somava 36 pontos e o técnico Fábio Carille acreditava que 72 garantiriam o título brasileiro. A projeção do treinador, porém, mudou. Nesta sexta-feira, passado o primeiro turno, o comandante do Timão disse trabalhar com a meta de 78 pontos. Ele voltou a ressaltar que os números podem mudar com o decorrer do campeonato.

- Na verdade eu errei na conta naquela resposta, respondi rapidamente até por falta de experiência. Quando acaba o turno, você sempre olha para os primeiros. Você tem de dobrar. Então, se o Grêmio fez 39, trabalho com 78 pontos. Mas faltando umas oito rodadas é que vamos ver realmente o que precisa atingir - analisou Carille, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

O Corinthians tem um jogo a menos que os principais concorrentes e está oito pontos à frente do Grêmio, segundo colocado. A boa vantagem do Timão fez os técnicos Renato Gaúcho (Grêmio, Levir Culpi (Santos) e Cuca (Palmeiras) praticamente jogarem a toalha na briga pelo título. Carille, porém, alertou sobre essas "desistências".

- Isso é uma pegadinha. Estamos com um grupo bastante maduro, não vamos entrar nessa conversa, não adianta ficar escutando o que os outros estão falando. Temos de ir para campo e encarar cada jogo como uma decisão. Claro que às vezes vão priorizar, até tirando o peso do Brasileiro, mas pode ter certeza de que ainda não desistiram. Acho que é muito cedo para desistir. Se sou eu, claro que iria priorizar, mas não desistir - afirmou Carille.

- Em 2015 priorizamos o Brasileiro, já fizemos aqui no Corinthians, e o Grêmio está priorizando Copa do Brasil e Libertadores. Se tivesse do lado deles, também ia priorizar, mas sem desistir do Brasileiro - acrescentou.

Com boa vantagem na liderança do Brasileirão e em busca dos 78 pontos, o Corinthians volta a campo neste sábado, às 16h, contra o Vitória, pela 21ª rodada.

VEJA A  PONTUAÇÃO DOS CAMPEÕES NO BRASILEIRO COM 20 TIMES:

2016:
Palmeiras terminou com 80 pontos
2015: Corinthians terminou com 81 pontos
2014: Cruzeiro terminou com 80 pontos
2013: Cruzeiro terminou com 76 pontos
2012: Fluminense terminou com 77 pontos
2011: Corinthians terminou com 71 pontos
2010: Fluminense terminou com 71 pontos
2009: Flamengo terminou com 67 pontos
2008: São Paulo terminou com 75 pontos
2007: São Paulo terminou com 77 pontos
2006: São Paulo terminou com 78 pontos