Bruno Cassucci
17/11/2016
13:45
São Paulo (SP)

Autor do gol do Corinthians no empate em 1 a 1 com o Figueirense, na última quarta-feira, o volante Camacho adotou tom otimista no retorno da equipe a São Paulo. Apesar do tropeço do Timão, com gol sofrido nos acréscimos, ele afirmou que o clube está vivo na briga por uma vaga no G6 e que a rodada não foi tão ruim.

Camacho também já projetou a próxima partida corintiana, segunda-feira, na Arena, contra o Internacional. Depois, também em Itaquera, o Timão recebe o Atlético-PR, sexto colocado.

- Estamos a um ponto do G6, serão mais nove pontos disputados, sendo seis em casa. Temos que fazer nosso dever, o Inter virá desesperado e depois teremos um confronto direto. Estamos vivos na competição, é preciso recolher os cacos e ir em frente - declarou.

Botafogo e Atlético-PR, que estão à frente do Corinthians, também não venceram na 35ª rodada, mas o clube de Parque São Jorge cairá para o oitavo lugar se o Grêmio vencer o São Paulo nesta quinta-feira.

- Agora são dois jogos em casa, temos que fazer seis pontos. Serão duas finais para a gente. A rodada não foi tão ruim para a gente, os times que estão brigando conosco perderam ou empataram - ponderou Camacho.

O volante ainda saiu em defesa do técnico Oswaldo de Oliveira, dizendo que "ele não é o único culpado" pela má fase e lamentou os erros de arbitragem contra o Corinthians neste Brasileirão.

Sem vencer há cinco jogos e mais de um mês, o Timão volta a treinar nesta sexta-feira de olho no duelo contra o Inter.