Gabriel Carneiro
24/10/2016
06:45
São Paulo (SP)

Duas questões estão incomodando bastante jogadores e comissão técnica do Corinthians nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro: a primeira são os erros de arbitragem contra o clube que novamente se repetiram no empate em 2 a 2 contra o Flamengo deste domingo, e a outra é uma questão técnica da defesa.

Diante do Flamengo, o Timão chegou ao quinto gol consecutivo sofrido em jogada de bola parada do adversário. Foi assim que o Cruzeiro marcou três vezes no Mineirão (pênalti, escanteio e falta) e o Flamengo fez dois no Maracanã (falta e escanteio). Apesar da atuação destacada do goleiro Walter, que foi um dos melhores em campo contra o Flamengo, o Corinthians piorou seus números defensivos.

– Na bola parada não foi nossa tarde, deixamos escapar os homens, uma pena. Tivemos mérito para buscar a vitória, mas sabemos o nível do Flamengo. É futebol, não é quem merece mais, é quem faz mais – disse o zagueiro Balbuena, logo após o jogo no Rio de Janeiro.


O próprio Walter admitiu que o Corinthians errou um posicionamento no lance do segundo gol marcado por Guerrero, quando a bola da cobrança de escanteio de Diego foi na primeira trave, mas continuou viva dentro da área e resultou no gol de empate.

Desde a chegada, há pouco mais de uma semana, o técnico Oswaldo de Oliveira tem dado atenção aos repetitivos problemas da defesa do Corinthians, que tem médias inferiores a todos os anos anteriores. O treinador, porém, vê alguma evolução mesmo com seus poucos dias de trabalho.

- Essa questão vem melhorando. Infelizmente no lance do segundo gol do Flamengo aconteceu uma coisa que tínhamos alertado e treinado. Mas não pode tirar o mérito do adversário, que tem conseguido fazer gols assim. O primeiro não, foi impedimento flagrante de três jogadores. Aí se perde um pouco - disse.

No Brasileirão, o Corinthians sofreu 33 gols em 32 partidas e no ano foram 57 tentos sofridos em 64 partidas, média ao menos melhor que no torneio. Agora, o time terá uma semana inteira para se preparar para enfrentar a Chapecoense no sábado.