Corinthians (foto:Arquivo Lance)

Corinthians em 2014 (Brasileiro), 2015 (Libertadores e Brasileiro) e 2016 (Paulista) (Foto: Montagem/Lancepress!)

Gabriel Carneiro e Rodrigo Vessoni
29/03/2016
08:00
São Paulo (SP)

O bom momento do Corinthians é considerado surpreendente pelo próprio técnico Tite, que começou o ano sem seis titulares campeões brasileiros de 2015 e com dez reforços para iniciar a remontagem do grupo. Não é surpresa, porém, que a equipe esteja completando dois meses de temporada em condições favoráveis tanto no Campeonato Paulista quanto na Libertadores. Desde o segundo semestre de 2014 que liderança é uma rotina dentro do Parque São Jorge.

A hegemonia começou com a liderança do segundo turno do Brasileirão de 2014, ainda com Mano Menezes, e teve sequência em todos os torneios disputados depois, já sob o comando de Tite: Paulistão de 2015 (primeira fase), Libertadores de 2015 (primeira fase), Brasileirão de 2015 (turno e returno), e agora Paulistão e Libertadores de 2016. Nesta quarta-feira, aliás, o Timão tem chances de completar a sexta liderança garantida segundo este critério.

Às 21h45, na Arena Corinthians, diante da Ponte Preta, o Timão pode selar a liderança de mais uma fase em pontos corridos de competição, basta vencer seu compromisso. Assim, com 32 pontos e pelo menos três vitórias a mais até o momento, os dois perseguidores mais diretos (São Bento e Santos) não poderão mais alcançar a equipe.

A sétima liderança também não está distante, e pode ficar encaminhada na semana que vem, quando o Corinthians volta à Libertadores na Colômbia, contra o Santa Fe. Caso vença, o time de Tite atingirá dez pontos e boa margem no saldo de gols contra sete dos colombianos – se o Cerro Porteño (PAR) não vencer o Cobresal (CHI), a vaga nas oitavas já será quase realidade, bem como a liderança da primeira fase.

Hegemônico nos pontos corridos, o Timão buscará fazer a diferença no mata-mata. Agora vai?

Tite, do Corinthians
Tite comandou em seis dos sete torneios (Foto: Agência Corinthians)

COMPETIÇÕES DESDE O 2º SEMESTRE DE 2014:

Brasileirão 2014 (Segundo Turno) - Corinthians finalizou o torneio em quatro lugar, ainda com Mano Menezes, mas terminou o segundo turno com a melhor campanha, mesma pontuação do campeão Cruzeiro e melhor saldo de gols em seus 19 jogos.

Paulistão 2015 - Antes da eliminação diante do Palmeiras na semifinal, Timão foi dono da melhor campanha na primeira fase, somando três pontos a mais que o Santos.

Libertadores 2015 - Também precedendo a queda contra o Guaraní (PAR), o Corinthians de Tite garantiu a liderança de seu grupo na fase inicial da Copa Libertadores com um ponto a mais que o São Paulo. Nesta fase, apenas duas equipes foram superiores.

Brasileirão 2015 (Primeiro Turno) - Campanha campeã teve 40 pontos em 19 jogos, quatro a mais que o Atlético-MG em seu primeiro turno do ano passado.

Brasileirão 2015 (Segundo Turno) - Segundo turno foi ainda melhor: 41 pontos nos mesmos 19 jogos, seis a mais que o time do Internacional. Título veio.

Paulistão 2016 - Primeiro lugar do Grupo D já está garantido com os dez pontos a mais que o Red Bull. Amanhã, time pode definir a liderança geral se vencer.

Libertadores 2016 - Equipe lidera o Grupo 8 com dois pontos a mais que o Santa Fe e pode garantir a ponta na semana que vem. De novo, só dois times são superiores.