América-MG x Corinthians

Atacante tem 11 gols marcados nesta temporada, é o maior goleador do Timão (Foto: Fernando Michel/Lancepress!)

Gabriel Carneiro
30/06/2016
13:21
Guarulhos (SP)

Principal artilheiro do Corinthians na temporada, Ángel Romero pode ganhar um concorrente de peso nos próximos dias. Sem contrato no Chelsea (ING) a partir desta sexta-feira, Alexandre Pato terá um reunião com dirigentes do Timão na semana que vem e tem chances de ser reintegrado ao elenco para cumprir os seis meses restantes do contrato de R$ 40 milhões assinado no início de 2013. Contratação mais cara da história do Timão, Pato já recebeu elogios do técnico Cristóvão Borges, mas ainda assim Romero torce para que o ex-jogador da Seleção Brasileira seja seu companheiro neste ano.

- É um jogador que todo mundo conhece, que tem muita qualidade, mas eu não posso dizer se ele vai jogar no Corinthians ou não. Quem tem que decidir é a diretoria e ele também. Mas é um cara que tem muita qualidade e que pode ajudar o time. A gente vai ficar feliz se ele vier para somar - detalhou Romero durante o desembarque do elenco do Corinthians após a vitória por 2 a 0 diante do América-MG, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O confronto no Independência foi o quarto seguido do paraguaio como titular, e a sequência está sendo aproveitada. Com dois gols e duas assistências nestes jogos consecutivos, o camisa 11 despontou como principal artilheiro do Corinthians na temporada ao atingir a marca de 11 gols, sendo nove em partidas oficiais e dois na Flórida Cup, ainda na pré-temporada. Recentemente, Romero precisou "brigar" pela chance como titular.

Em entrevistas recentes, o paraguaio soltou frases de efeito, como "não cheguei agora" e "não é fácil ficar na reserva", baseando-se em seus números nesta temporada para cobrar chances. Pouco depois, o técnico Tite deixou o Corinthians para assumir a Seleção Brasileira e logo em seu segundo jogo como interino, o auxiliar Fábio Carille promoveu a entrada do paraguaio. Cristóvão, que assumiu na sequência manteve o camisa 11 como titular e não tirou mais.

- Desde o começo do ano estou trabalhando bem. Comecei muito bem o ano, fazendo gol nos amistosos e no Paulista, mas não estava tendo a sequência que eu queria. O jogador precisa de sequência, não vai mostrar seu futebol em um jogo. Agora estou tendo, então fico mais confiante no campo, mas não importa fazer gol. Importa que o Corinthians ganhe. Mas agora a gente está mais confiante, o Cristóvão deu a confiança para mim e isso é muito importante. Estou contente por isso, por esse momento que estou vivendo, e mais contente porque o Corinthians é líder agora - disse Romero, lembrando que o Timão divide a ponta do Brasileirão com o Palmeiras, que tem os mesmos 22 pontos e as mesmas sete vitórias, mas saldo de gols superior.