Paulistão - Corinthians x Ponte Preta

Balbuena falou após o jogo contra a Ponte (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Guilherme Amaro e Marcio Porto
18/01/2018
01:38
São Paulo (SP)

A tão aguardada reunião entre a diretoria do Corinthians e os empresários de Balbuena deve acontecer até semana que vem, de acordo com o próprio jogador. O Timão já enviou uma proposta para renovar por mais quatro anos o contrato do paraguaio, que termina em dezembro.

Balbuena disse que seus empresários devem chegar do Paraguai na sexta-feira ou até semana que vem. Ele também "deu a palavra" ao gerente de futebol Alessandro Nunes de que não sairá de graça do clube após o fim do seu contrato.

- Meus agentes sempre estão conversando com o Alessandro e com o Flávio (Adauto) na época (que ele era diretor de futebol), mas por questões de agenda eles não conseguiram se encontraram. Quando eles foram para o Paraguai, por questão do sorteio (da Libertadoes), também não conseguiram agendar. Mas até onde eu sei, se meus empresários não chegarem até sexta-feira, chegam na semana que vem para conversar. Não vejo pressa também, tenho contrato mais um ano - disse Balbuena, antes de falar sobre a gratidão ao Corinthians.

- Falei para o Alessandro que minha intenção não é deixar o contrato acabar para eu sair livre, eu dei minha palavra para o Alessandro que não será assim. O Corinthians me deu praticamente tudo que eu tenho como jogador, sou muito grato e tenho meus princípios. Então falei com o Alessandro que não é minha intenção esperar para ficar livre, foi mais uma questão de agenda mesmo. Agora, nessa semana, acho que eles vão se juntar - completou.

O zagueiro também comentou sobre as mudanças no elenco corintiano nesta temporada. No início de 2017, ele foi o autor do grupo do Whatsapp, e agora ainda falta adicionar alguns reforços que chegaram.

- Tem uns quatro mais ou menos que faltam. Nesses dias vamos adicionar todo mundo - disse Balbuena, que também exaltou as contratações.

- Todo jogador vem para somar, como o grupo vai abraçar, vamos fazer um grupo forte e que cada um se sinta à vontade para jogar. Todos são importantes, vamos precisar de todos, porque temos desafios grandes e uma temporada longa - declarou.