Bruno Cassucci e Guilherme Amaro
20/04/2016
23:57
São Paulo (SP)

Reservas? Qual é o problema? O Corinthians goleou mais uma vez na Arena: a vitória da vez foi o Cobresal (CHI), massacrado por 6 a 0 pelo Timão na noite desta quarta, pela Libertadores. Confira as notas do LANCE!:

CORINTHIANS

6,0
Cássio

Deu dois sustos, um em uma saída do gol, outro em rebatida para o meio. No geral, porém, foi bem e não comprometeu.

7,0
Edílson

Alternou ótimos momentos, como chapéu, lançamentos e assistência, com chutes ruins e cotoveladas a Benítez.

6,0
Vilson

Não se envergonhou de dar chutões quando estava apertado e, apesar de um ou outro susto, teve atuação segura.

6,5
Balbuena

Sempre firme, teve mais uma atuação correta. Perigoso na bola aérea, participou do primeiro gol de Marlone.

7,5
Guilherme Arana

Ligado desde o início, pecou em alguns momentos pela afobação, mas fez boa partida, coroada pelo gol.

7,0
Willians

Com liberdade, se apresentou mais no ataque do que o habitual e quase fez belo gol. Erros não mancharam atuação.

8,5
Romero

Abre espaços, faz tabelas, ajuda atrás... Nova grande atuação do artilheiro do Timão em 2016, com direito a golaço.

7,0
Rodriguinho

Retornou de lesão em grande estilo. Mostrou mobilidade, deu lindo passe para gol e quase marcou de muito longe.

6,5
Maycon

Garoto que joga como se já fosse veterano. É volante, mas chega ao ataque com muita categoria. Nesta quarta, brilhou pouco.

8,5
Marlone

Partidaça, com gol que merece placa. Se mexeu bastante, deu bons passes e mostrou que pode brigar por vaga.

6,0
Luciano

Destoou um pouco e, em alguns momentos, pareceu afoito por voltar a marcar. Iniciou bem, e depois perdeu chances.

6,5
Cristian

Seguro mas pouco ousado, optou quase sempre por passes curtos. Na defesa, ocupou bem espaços e ajudou na saída.

7,0
Elias

Iluminado, entrou e logo balançou as redes com uma de suas maiores virtudes, a infiltração. Depois, fez o básico.

-
Alan Mineiro

Entrou no fim, sem nota.

8,0
Téc: Tite

Faz reservas e titulares jogarem de forma igual. Poupou jogadores e conseguiu fazer o time atuar em ritmo intenso.

HOME - Corinthians x Cobresal - Copa Libertadores - Torcida (Foto: Marcelo Machado de Melo/Fotoarena/LANCE!Press)
Torcida na Arena (Foto: Marcelo M. de Melo/Fotoarena/LANCE!Press)

COBRESAL (CHI)

4,5
Cuerdo

Apesar dos seis gols, apenas um poderia ser defensável.

4,0
Juan

Contreras Sofreu quando o Corinthians atacou pelo seu setor.

3,5
Diego Cerón

Não conseguiu acompanhar a movimentação corintiana.

3,0
Flavio Rojas

Deixou Balbuena cabecear no primeiro gol e foi facilmente driblado por Romero no segundo.

3,5
Alejandro López

No segundo gol, não acompanhou Romero. Sofreu.

5,5
Rodrigo Ureña

Conseguiu desarmes no meio de campo.

4,0
Cabión

Deu muito espaço..

4,0
Poblete

Não apareceu e nem voltou para o segundo tempo.

5,5
Pablo González

Apenas deu um chute perigoso de fora da área.

5,5
Benítez

Tentou criar pelo lado esquerdo, mas não teve sucesso.

6,0
Maldonado

Levou perigo uma vez, de cabeça. Bola praticamente não chegou.

5,0
Patricio Jerez

Tentou ajudar na criação, mas errou passes.

6,0
Víctor Sarabia

Fez dois desarmes e não comprometeu nos passes.

5,0
Johan Fuentes

Atuou cerca de 20 minutos e quase não pegou na bola.

4,0
Téc: Dalcio Giovagnoli

De olho no Clausura, poupou o time e foi goleado.