Alexandre Guariglia e Olga Bagatini
29/10/2016
18:53
São Paulo (SP)

Não foi uma tarde inspirada do Corinthians, que ficou apenas no empate em 1 a 1 com a Chapecoense e perdeu seu lugar no G6 para o Atlético-PR. Rodriguinho, Giovanni Augusto e Rildo levaram as melhores notas. Confira:

CORINTHIANS

6,0
Walter

Ficou 15 minutos em campo antes de sentir incômodo na coxa direita. Fez uma defesa tranquilo no início do jogo.

5,5
Fagner

Teve alguns incômodos na defesa, mas conseguiu neutralizá-los a tempo. No ataque não concretizou suas tentativas.

5,0
Pedro Henrique

Adversário chegou pouco, ameaças foram em chutes de longe. Cometeu pênalti bobo em lance confuso da defesa.

5,5
Vilson

Teve destaque nas jogadas aéreas, cortando boa parte dos cruzamentos, mas foi mal no lance do pênalti cometido.

6,0
Uendel

Se atirou ao ataque no início, mas teve de segurar as descidas devido aos avanços por sua lateral. Foi bem.

5,5
Camacho

Esteve perdido na marcação durante boa parte do jogo. Não conseguiu colocar qualidade nas saídas de bola.

6,5
Rodriguinho

Novamente o mais lúcido do time, chegando ao ataque e brigando na marcação. Participou do lance do pênalti.

6,5
Giovanni Augusto

Ficou mais na marcação do que participou das jogadas de ataque. Marcou o gol de pênalti sofrido por Rildo.

5,0
Marquinhos Gabriel

Foi mal. Não recebeu as bolas no ataque e quando teve as chances, se atrapalhou com a bola. Deixou a desejar.

4,5
Marlone

Partida ruim. Falhou em quase tudo o que tentou durante o período em que esteve em campo. Errou domínios infantis.

5,5
Romero

Como de costume, foi esforçado e se entregou em todas as jogadas. No entanto, não conseguiu ser eficiente no ataque.

6,0
Cássio

Quase não teve trabalho. Chapecoense pouco ameaçou a sua meta. Pênalti foi muito bem batido, não teve o que fazer.

5,5
Lucca

Entrou bem, mas caiu de produção. Foi fominha em lance que poderia ter decidido a partida antes de sofrer o empate.

6,5
Rildo

Deu mais ânimo ao ataque corintiano, foi pra cima, se apresentou e sofreu o pênalti. Melhorou o time.

5,5
Téc: Oswaldo de Oliveira

Ficou encaixotado pela Chapecoense até metade do segundo tempo. Conseguiu o gol, mas time não administrou placar.

CHAPECOENSE

6,5
Danilo

Se atrapalhou em lance no início. No mais, fez defesas tranquilas.

4,5
Gimenez

Levou perigo desnecessário a Danilo e ainda fez pênalti.

6,0
Neto

Ganhou a maioria das bolas pelo alto e afastou bem o perigo.

6,0
Thiego

Seguro, foi bem nos desarmes e incomodou Rodriguinho.

5,5
Dener Assunção

Foi discreto ofensivamente, mas fez bem a cobertura.

6,0
Matheus Biteco

Bem postado, atrapalhou o meio do Timão com desarmes.

6,5
Gil

Firme nos desarmes. Puxou contragolpes e tabelou bem com Ananias.

6,0
Cleber Santana

Mostrou boa visão e organizou o jogo. Cansou no final.

6,5
Ananias

Abriu espaços com boa movimentação e buscou servir os companheiros.

6,5
Bruno Rangel

Ficou em posição irregular diversas vezes. Fez de pênalti.

5,5
Thiaguinho

Tanto na área quanto de fora, recebeu em condições. Faltou pontaria.

5,5
Hyoran

Entrou no fim para preencher o meio. Discreto, mas não comprometeu.

6,0
Lucas Gomes

Acionado na reta final, sofreu o pênalti do empate da Chape.


Josimar Gomes

Entrou no fim. Fica sem nota.

6,5
Téc: Caio Júnior

Soube pressionar a saída do Timão. Time caiu no segundo tempo.