Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro
26/05/2016
13:18
São Paulo (SP)

O Corinthians mudou e voltou a vencer. A vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, a primeira do Timão no Campeonato Brasileiro, teve Bruno Henrique, Cristian e Guilherme como os melhores em campo. O último levou a melhor nota.

CORINTHIANS

6,0
Walter

Uma defesa importante no segundo tempo, em batida de Thiago Galhardo. Fora isso, sem muito trabalho.

6,5
Fagner

Incontestável no apoio. Preenche espaços, força tabelas e chega sempre com perigo. Na defesa, dá poucas brechas.

6,0
Felipe

Seguro nas bolas aéreas, também anulou Wellington Paulista pelo chão. Responsável, não deu sustos na saída de bola.

5,5
Vilson

Altíssimo nível no início, mesmo sem jogar há um mês. Depois bobeou em alguns lances, mas não comprometeu.

6,0
Uendel

Participação ofensiva discreta, mas eficiência na contenção. Podia ter se aproximado mais de Giovanni Augusto à frente.

7,0
Cristian

Atuação consistente no primeiro jogo como titular do ano. Muito combate na marcação e boa qualidade nas saídas.

7,0
Bruno Henrique

Mais livre para atacar, foi importante elemento surpresa. Em duas tentativas de fora da área, fez um golaço na Arena.

6,5
Marquinhos Gabriel

Plenamente à vontade na equipe. Chama o jogo, transita por setores e limpa a marcação com facilidade. Outro bom jogo.

7,5
Guilherme

Novo sistema de jogo favorece a criatividade e capacidade técnica do meia. Organizou o time e ainda fez um golaço.

5,5
Giovanni Augusto

Talvez o menos inspirado do setor ofensivo do Corinthians. Prendeu a bola demais e não participou de tantas ações.

6,0
Luciano

Sai da área, puxa marcação, faz tabelas... Ainda não fez o seu gol, mas mostrou disposição e participou demais das ações.

5,5
Marlone

Podia ter aproveitado melhor a oportunidade nos últimos minutos. Errou uma saída boba, mas criou uma boa chance.

6,0
André

Entrou vaiado, mas disposto a ajudar. Quase fez um gol, voltou para marcar. Bom sinal para quem precisa de espaço.

5,5
Guilherme Arana

Pouco tempo em campo, e com muita responsabilidade na marcação por conta da pressão da Ponte. Segurou bem.

6,5
Téc: Tite

Coletivo foi seu melhor jogador. Sustentação defensiva para proporcionar liberdade aos homens de frente fez diferença.

Corinthians x Ponte Preta
Tite reclama na Arena (Foto:Ale Vianna/Eleven/Lancepress!)

PONTE PRETA

5,5
João Carlos

Fez ótima defesa em chute de Guilherme. Sem culpa nos gols.

6,0
Jeferson

Deixou alguns espaços atrás, mas chegou bem ao ataque.

5,5
Douglas Groli

Não comprometeu.

4,5
Kadu

Marcou contra e fez um pênalti que o árbitro não deu.

5,0
Reinaldo

Também deu espaços. Chegou ao ataque e errou cruzamentos.

5,0
João Vitor

Ficou perdido com a movimentação corintiana.

4,5
Matheus Jesus

Afastou no pé de Bruno Henrique e foi substituído na etapa inicial. Recebeu abraço do treinador.

5,5
Ravanelli

Buscou jogo, foi parado duas vezes com faltas e não levou perigo.

5,5
Felipe Azevedo

Levou perigo apenas em uma cabeçada para fora.

5,0
Clayson

Não conseguiu produzir e nem voltou para o segundo tempo.

5,5
Wellington Paulista

Bola praticamente não chegou. Irrelevante.

4,5
Renê Júnior

Entrou e não conseguiu fechar os espaços no meio.

6,0
Thiago Galhardo

Até que tentou criar, mas sem sucesso. Um chute perigoso.

6,0
Cristian

Ajudou na marcação, mas também não conseguiu decidir.

5,0
T: Eduardo Baptista

Ponte deu liberdade, mas melhorou na etapa final.