Alexandre Guariglia
04/02/2017
19:16
São Paulo (SP)

Sem grande brilho, mas também sem comprometer. Os jogadores do Corinthians tiveram atuações "na média" na vitória por 1 a 0 sobre o São Bento, na tarde deste sábado, pelo Campeonato Paulista. A melhor nota ficou com Jô, que sofreu e converteu o pênalti no único gol do jogo. Confira as notas:

CORINTHIANS

6,5
Cássio

Foi prejudicado pelo gramado escorregadio em cobrança de falta e acabou oferecendo rebote. De resto, fez boas defesas e saídas do gol.

6,0
Fagner

Não pôde dar o seu melhor por conta do campo pesado, mas arriscou boas jogadas pela direita do ataque. Teve trabalho na defesa.

5,5
Balbuena
Vinha fazendo boas antecipações, depois se atrapalhou, deixou espaços em setor e passou a chegar atrasado nas divididas. Levou amarelo.

6,5
Pablo
Se Balbuena foi bem por baixo, Pablo conseguiu ter superioridade nas jogadas aéreas nas bolas alçadas. Salvou Cássio afastando rebote.

6,5
Moisés
Assim como nas outras partidas, se destacou substancialmente na parte defensiva, além de dar início às trocas de passe que levam ao ataque.

5,0
Gabriel
Como sempre, firme na marcação, mas abusou da força e tentou ludibriar a arbitragem colocando a mão na bola. Levou mais um cartão.

5,5
Giovanni Augusto
Teve um bom início de jogo, arriscando um chute que exigiu defesa do goleiro, mas depois caiu de produção. Desperdiçou boa chance de cabeça.

6,5
Fellipe Bastos
Bons desarmes no meio-campo, se destacou no quesito em comparação com os companheiros de time. Tentou colocar a bola no chão.

5,5
Rodriguinho
Foi bastante discreto durante a partida, até mesmo pelas limitações que tem por conta de seu recente retorno de lesão. Fez o que pôde.

6,5
Marlone
Teve destaque durante toda a partida, fazendo desarmes ofensivos e defensivos, além de criar boas chances para os companheiros.

7,0

Vem melhorando aos poucos. Em jogada individual, abriu espaços, entrou na área e sofreu o pênalti, que ele mesmo bateu e converteu.

5,0
Marquinhos Gabriel
Se Giovanni Augusto foi discreto, Marquinhos Gabriel foi mais. Pouco tocou na bola, fez apenas uma jogada pela direita do ataque.

5,5
Camacho
Entrou para administrar o placar e dosar o ritmo de jogo. Foi bem ao tentar tabelar com Fagner e Marquinhos Gabriel no setor ofensivo.

5,0
Romero
Assim como os companheiros que entraram no segundo tempo, não teve participação muito notada.

6,5
Téc: Fabio Carille
Time vai tomando forma e se mostra competitivo, principalmente na defesa. No ataque sabe que terá trabalho para ajeitar.

SÃO BENTO

6,0
Rodrigo Viana
Foi bem seguro quando acionado. Teve boa atuação.

5,0
Régis Souza
Trabalhou dos dois lados, mas sem sucesso em ambos.

5,0
João Paulo
Tentou compensar a deficiência técnica do colega de posição.

4,0
Pitty
Perdeu bola perigosa na defesa e cometeu pênalti ingênuo.

6,0
Marcelo Cordeiro
Melhor opção do time. Arriscou chute com perigo.

6,0
Bebeto
Foi incansável e participou bastante do ataque pelo lado direito.

5,0
Fabio Bahia
Perdido na marcação, efetuou jogadas confusas.

5,5
Itaqui
Levou perigo nas jogadas de boal parada. Regular na defesa.

5,5
Morais
Teve lapsos de bom futebol, mas poderia ter participado mais.

5,0
Giovanni
Bastante discreto no ataque, correu mais para marcar lateral.

5,0
Ricardo Bueno
Fez bem o pivô no comando do ataque, mas foi só.

5,5
Magrão
Foi esforçado, chegou a ter uma chance para fazer gol de cabeça.

5,5
Renan Mota
Começou bem em jogada pela esquerda e nada mais.

5,5
Clebson
Deu mais volume ao ataque do que Giovanni, porém sem mudar o jogo.

5,5
T: Paulo Roberto
Time é bem armado, mas falta agressividade no ataque.