Bruno Cassucci e Alexandre Guariglia
05/05/2016
00:21
São Paulo (SP)

O Corinthians não conseguiu vencer o Nacional (URU) e está fora da Libertadores. O empate em 2 a 2 não foi suficiente, mas o Timão poderia ter tido mais tempo para reagir não fosse um pênalti perdido por André aos 36 minutos do segundo tempo. Foi o pior em campo. Veja as notas:

CORINTHIANS

6,0
Cássio

Deu rebote nos dois gols, mas sem culpa, pois era o que dava para fazer. Fez grandes defesas e demonstrou segurança.

6,5
Fagner

Começou desatento na marcação, mas foi crescendo ao longo do jogo. Subiu bastante ao ataque e criou bons lances.

5,5
Felipe

Deu duas cabeçadas muito próximas do gol no início. No primeiro gol, fica olhando só a bola. Abaixo de sua média.

5,5
Yago

Assim como Felipe, cometeu mais vacilos do que o normal. Perdeu chance de marcar em rebote após escanteio.

4,5
Uendel

Não acompanhou López e demorou a deixá-lo impedido no primeiro gol. No segundo, tentou fechar o meio e foi driblado.

4,5
Bruno Henrique

Não roubou tantas bolas e não fez quase nada quando o Timão tinha a posse. Foi muito vaiado quando substituído.

6,5
Giovanni Augusto

Brigou, trocou passes rápidos e cruzou para o primeiro gol. Porém, cedeu contra-ataques, como no segundo gol.

6,5
Elias

Chamou o jogo e jogou de área a área. Fez linda jogada, em que Lucca quase marcou. Também arriscou chutes.

6,5
Rodriguinho

Teve bons e maus momentos. Com viradas de jogo e muita movimentação, clareou jogadas. Teve duas chances de gol.

6,0
Lucca

Fez o gol e ganhou confiança para driblar e ir para cima. Com o passar do jogo, porém, foi caindo de rendimento e saiu.

4,0
André

Não conseguiu dominar, mas Lucca fez o primeiro gol. Já não vinha bem e ainda perdeu pênalti que poderia mudar o jogo.

5,5
Marquinhos Gabriel

Entrou ligado, arriscando dribles e se movimentando bastante. Contudo, foi fominha e prendeu muito a bola.

5,5
Romero

Deu mais opções pelo lado esquerdo e mandou bola no travessão. Perdeu ótima chance nos acréscimos do jogo.

5,5
Danilo

Bem discreto, pegou pouco na bola e quase não criou nada.

6,0
Téc: Tite

Não teve medo de lançar o time ao ataque no segundo tempo. Sem dúvida é um dos menos culpados pela queda.

Libertadores - Corinthians x Nacional URU (Foto:Ale Cabral/LANCE!Press)
Festa antes do jogo na Arena (Foto:Ale Cabral/LANCE!Press)

NACIONAL (URU)

7,5
Conde

Fez pelo menos três grandes defesas e pegou pênalti batido por André.

5,0
Fucile

Escorregou dentro da área no momento do gol de empate corintiano.

5,0
Victorino

Também não conseguiu ficar em pé diante do cruzamento do gol.

5,0
Polenta

Muito firme na marcação, rebateu muito, mas cometeu os pênaltis.

5,5
Espino

Sofreu com as investidas de Fagner pela lateral e pouco foi ao ataque.

6,5
Porras

Marca e sai com eficiência , não alivia nas divididas e leva vantagem.

7,0
Romero

Outro brigador no meio que teve qualidade nas saídas de bola e foi premiado com o segundo gol.

6,0
Barcia

Fez boas transições ao ataque e ainda compôs o bem meio.

6,5
Fernandez

Ajudou a marcar a saída de bola corintiana e deu trabalho à defesa.

6,5
Ramírez

Acompanhou Fagner nas descidas e participou do primeiro gol.

7,5
Nico López

Craque do time, se doou na marcação, fez a jogada do segundo gol e ainda deixou a sua marca ao abrir o placar.

6,0
Carballo

Entrou para ajudar na marcação e segurar o placar. Teve sucesso.

6,0
Tabó

Cumpriu papel na marcação.


Eguren

Entrou no fim, fica sem nota.

7,0
Téc: Gustavo Munúa

Armou esquema que desestabilizou demais o Corinthians.