Bruno Cassucci
13/12/2016
22:49
São Paulo (SP)

Em reunião nesta terça-feira entre dirigentes dos departamentos de futebol e marketing, o Corinthians definiu que disputará a Florida Cup em 2017. Por dificuldades com o calendário para a pré-temporada, o Timão cogitou não viajar para disputar a competição em Orlando, nos Estados Unidos. Porém, no fim prevaleceu o entendimento de que é possível se adaptar e cumprir o contrato com a organizadora do torneio, que vai até 2018.

A diretoria alvinegra, contudo, trabalha para adiar a estreia da equipe na competição. Até o momento está previsto que o Corinthians viaje para os EUA no dia 11 e enfrente o River Plate (ARG) no dia 15.

A dúvida sobre jogar ou não a Florida Cup começou por conta do adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro em virtude do acidente com o avião da Chapecoense. Com isso, a reapresentação do elenco do Timão que estava prevista para o dia 4 passou para 7.

A multa por não cumprir o contrato e até mesmo o compromisso com torcedores que compraram pacotes para acompanharem a competição pesaram na decisão do Corinthians de ir aos EUA.

Além do duelo contra o River, o Timão voltará a campo pelo menos mais uma vez na Florida Cup. Se ganhar algum dos jogos, fará uma terceira partida.

Na última segunda-feira o Flamengo anunciou a desistência da Florida Cup. No lugar do clube carioca foi convidado o Bahia. O Atlético-MG e o Internacional estudam a possibilidade de enviarem times alternativos ou formados por jovens jogadores, algo que também foi cogitado pelo Corinthians.

Esta será a terceira participação consecutiva do clube de Parque São Jorge no torneio amistoso em Orlando.