Ferroviária x Corinthians

Corinthians contratou dez jogadores e oito estão à disposição do treinador (Foto: João Moura/Lancepress!)

LANCE!
22/02/2016
09:45
São Paulo (SP)

Tite não descarta realizar mudanças no time titular do Corinthians, mesmo com a campanha invicta até agora, no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores. Porém, a promessa do treinador é respeitar o momento da equipe para acionar alguns dos reforços, como Guilherme, Marlone, André ou Giovanni Augusto, que viveu noite de protagonista neste domingo, ao marcar aos 37 do segundo tempo o gol que garantiu o empate do Timão diante da Ferroviária, por 2 a 2, na Arena da Fonte Luminosa. Após um dos dez reforços do ano ser herói por um dia, o treinador explicou a razão de nenhum deles já ter ganho confiança suficiente para começar jogando no time ideal de 2016.

- Estamos invictos dentro das competições, com cinco vitórias no início da temporada. Só houve um início como esse no Corinthians em 1948. E se fizéssemos a vitória hoje seria desde 1930 sem iniciar tão bem. Há uma questão lógica aí - relatou o treinador do Corinthians, antes de revelar bastidores de seu contato com os jogadores para explicar essa posição.

- Na palestra de hoje eu falei isso. Os atletas que foram contratados estão se perguntando 'quando eu vou jogar?', 'fui contratado para jogar'. Os atletas que estavam aqui estão querendo a chance depois da saída dos titulares. E os atletas jovens estão chegando e querendo jogar. O que eu quero é isso, é competição. Assim se eleva o nível técnico, e eu sempre vou avaliar o momento. Viu como o Giovanni entrou bem? O André também. Tu também traz certa harmonia, organização assim. Eu prefiro que o técnico seja cobrado do que você retire do atleta a responsabilidade de chegar em um clube e manter o nível que estava no clube anterior - argumentou Tite.

Para 2016, o Corinthians contratou dez jogadores até o momento: Douglas (goleiro, ex-Bragantino), Moisés (lateral, ex-Bragantino), Vilson (zagueiro, ex-Chapecoense), Balbuena (zagueiro, ex-Libertad), Willians (volante, ex-Cruzeiro), Marlone (meia, ex-Sport), Guilherme (meia, ex-Antalyaspor), Giovanni Augusto (meia, ex-Atlético-MG), Alan Mineiro (meia, ex-Bragantino) e André (atacante, ex-Sport). Deles, os dois primeiros não fazem parte dos planos neste momento (o ala já foi até emprestado ao Bahia até o fim do semestre), e mais um pode chegar: Clayton, do Figueirense.

O Corinthians oficializou uma proposta de cerca de 3 milhões de euros (R$ 13 milhões) por 50% dos direitos econômicos do atacante de 20 anos, e deve ouvir a resposta no início desta semana. O jogador está dividido entre o Timão e o Atlético-MG, que também tem interesse em sua contratação e já apresentou proposta semelhante à do clube paulista.