Corinthians x Fluminense

Fluminense reclamou bastante da arbitragem na partida na Arena Corinthians (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC.)

LANCE!
22/09/2016
01:38
São Paulo (SP)

O Corinthians usou suas redes sociais para responder às críticas de Peter Siemsen, presidente do Fluminense, e Levir Culpi, técnico da equipe, sobre a arbitragem do duelo vencido por 1 a 0 pelo Timão, e que garantiu a classificação dos paulistas para as quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Twitter, o clube postou a seguinte mensagem: "Na bola e na raça. Sem mimimi, por favor". Em poucos minutos, a mensagem já tinha centenas de comentários e compartilhamentos.

Logo após o jogo na Arena Corinthians, o presidente do Fluminense fez um longo pronunciamento em tom de crítica à arbitragem e à Confederação Brasileira de Futebol. O Flu teve três gols anulados por impedimento e também reclamou de dois pênaltis não marcados pela arbitragem cometidos em Cícero, além de um impedimento de Marcos Júnior e outros lances específicos. Levir Culpi, técnico do Flu, disse que a arbitragem marcou a favor do Corinthians todos os seis lances de dúvida no duelo eliminatório da Copa do Brasil. Presidente do Corinthians, Roberto de Andrade minimizou as queixas.

- Pelo que todos vocês (jornalistas) disseram, e a gente tem que acreditar no que vocês dizem, todos os lances que ele apitou estavam corretos, as marcações dele no impedimento, enfim. Eles (Peter e Levir) estavam de cabeça quente, é normal, você ser desclassificado de uma competição como a Copa do Brasil que é interessante se avançar. A gente sabe que erra pra cá ou prá lá, não entendo que haja má fé - disse Roberto de Andrade, que negou "choro" por parte de Peter Siemsen e Levir Culpi.

- Não é choro, muito pelo contrário. Você fica nervoso de perder e ter três gols anulados. Quem está no campo não mensura, são lances rápidos de pura marcação. Quando eles forem ao hotel e checarem as imagens, vão ver que o árbitro estava certo - disse.