Cássio fazendo defesa, durante treino de pênaltis no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr)

Cássio fazendo defesa, durante treino de pênaltis no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr)

Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
14/04/2016
18:26
São Paulo (SP)

O Corinthians se preocupa com o mau aproveitamento em pênaltis nesta temporada e tenta calibrar o pé antes do início do mata-mata do Paulistão. Antes de enfrentar o Red Bull Brasil, sábado, na Arena, a equipe treinou cobranças em todos os treinos da semana no CT Joaquim Grava.

Nesta quinta-feira, mais uma vez o técnico Tite e seus auxiliares fizeram os jogadores, inclusive os reservas, ensaiarem batidas. O aproveitamento foi razoável, mas melhor do que o desempenho de 33% em jogos nesta temporada. De seis penalidades a favor que teve em 2016, o Timão acertou apenas duas.

- A gente sabe que incomoda ter perdido quatro de seis pênaltis, mas é uma questão de treinamento, de momento. A gente está bem tranquilo, sabe que treinar e trabalhar, dar ênfase à questão, é importante. Estamos treinando muitos pênaltis e estamos prontos caso aconteça nos jogos - afirmou o zagueiro Yago.

Divididos em quatro gols, cada um com um dos goleiros do elenco, o grupo corintiano treinou as cobranças ao final da atividade desta quinta. André, Lucca e Giovanni Augusto são, segundo o técnico Tite, os batedores da equipe, mas isso pode variar no decorrer das partidas.

Nas quartas e na semifinal do Paulistão, em caso de empate, os confrontos são decididos nas cobranças de pênaltis. Na final, a decisão será assim em caso de igualdade após as duas partidas.