Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
19/05/2016
06:30
São Paulo (SP)

Há cerca de um ano, após sofrer críticas e cobranças, a diretoria do Corinthians estabeleceu como meta promover uma maior integração entre as categorias de base e o elenco profissional, aproveitando cada vez mais jovens jogadores no elenco. Apesar de avanços neste processo, o número de garotos utilizados por Tite ainda é pequeno e a maioria das crias do “Terrão” tem pouco espaço na equipe.

Considerando que Yago foi contratado da Portuguesa com 19 anos e pouco foi aproveitado nas categorias inferiores do Timão, nenhuma revelação recente da base conseguiu se firmar como titular no ano.

A título de comparação, o rival Santos, visto como clube modelo no aproveitamento de jovens, teve quatro Meninos da Vila entre os titulares que conquistaram o Paulistão e outros 12 no elenco.

O técnico Tite argumenta que não pode apressar etapas, até para não “queimar” os garotos, mas promete olhar e dar chance a todos.

– Todas as possibilidade são possíveis. Há uma busca criteriosa, e tento dar uma sequência de jogos para que o atleta se mostre e essas engrenagens do time possam se ajustar – afirmou o treinador no domingo.

O volante Maycon, promovido após se destacar na Copa São Paulo, em janeiro, teve oportunidades no Paulistão, atuou por 778 minutos em 2016, mas perdeu território. Na última quarta-feira, por exemplo, ele ficou fora até do time reserva no início do treino, sendo chamado na etapa final.

Bastante aproveitado desde o ano passado, o lateral-esquerdo Guilherme Arana segue na reserva. Já o zagueiro Pedro Henrique, o meia Matheus Pereira e o atacante Claudinho muitas vezes nem sequer são relacionados para as partidas.

Por conta da ida de Edílson para o Grêmio, o Corinthians pediu o retorno de empréstimo de Léo Príncipe, lateral-direito de 19 anos. Contudo, na atividade da última quarta ele trabalhou em campo anexo, enquanto o volante Willians foi improvisado na ala da equipe reserva no treino técnico.

Homenageado até no terceiro uniforme do clube (laranja), o “Terrão” ainda espera por mais chances.

FAROL DA BASE

VERMELHO
Escândalo recente nas categorias inferiores abalou clube e gerou racha interno na cúpula. Diretor José Onofre deve ser demitido.

AMARELO
Integração, embora não seja considerada como ideal, já é bem melhor do que no passado e deve melhorar com novo CT da base, que será ao lado de onde o time profissional treina. Inauguração deve ocorrer ainda neste ano.

VERDE
Timão segue disputando e vencendo títulos na base. Aos poucos, clube vai aumentando percentual de direitos de jogadores.

Treino Corinthians
Jovens têm pouco espaço no elenco (Foto: Daniel Augusto Jr)

GAROTOS DA BASE NO PROFISSIONAL

Matheus Vidotto
Goleiro Matheus Vidotto (Foto: Agência Corinthians)

Goleiros
Matheus Vidotto e Caique França, de 23 e 20 anos, respectivamente, são reservas de Cássio e Walter.

Guilherme Arana
Guilherme Arana (Foto: Agência Corinthians)

Defensores
Lateral-esquerdo Guilherme Arana é prata da casa com mais chances na equipe. Só neste ano fez dez jogos. Zagueiro Pedro Henrique só atuou uma vez na temporada.

Maycon e Guilherme Arana
Maycon com Arana Foto: Daniel Augusto Jr./Agencia Corinthians

Meias
Volante Maycon foi promovido após a Copinha como grande promessa, jogou 778 minutos, mas tem sido pouco usado. Meia Matheus Pereira está de saída para a Juventus (ITA).

Claudinho
Claudinho Foto: Agência Corinthians

Atacante
Claudinho jogou por apenas seis minutos nesta temporada e voltou ao time sub-20 para disputar Paulista e Brasileiro.