LANCE!
20/10/2016
18:42
São Paulo (SP)

Ex-presidente e superintendente do Corinthians, mas ainda influente nos bastidores do clube, Andrés Sanchez revelou em entrevista à Rádio Bradesco Esportes, nesta quinta-feira, que um jogador do atual elenco já chegou de ressaca para treinar no CT Joaquim Grava. Questionado sobre o histórico disciplinar de André e Rodriguinho, o deputado federal contou um evento.

- Do André eu nunca soube. O Rodriguinho chegou uma vez, mas não bêbado, de ressaca. Isso é normal. Quer time mais baladeiro que o de 2009, que fomos campeões invictos do Paulistão e ganhamos a Copa do Brasil? Elias, Jorge Henrique, Cristian, Liedson, Souza, Ronaldo, Roberto Carlos... - enumerou o ex-dirigente.

Andrés Sanchez ainda definiu o perfil de jogadores que gostaria de ver com a camisa do Corinthians: baladeiros. Ele relembrou casos de quando foi presidente do clube, revelou ter frequentado eventos sociais na companhia de ex-jogadores e disse acreditar que o time vai embalar se contratar jogadores com este perfil nas próximas temporadas.

- São os que eu gosto (baladeiros). Fui junto só com o Ronaldo e com o Edu Gaspar, quando ele jogava. Na maioria das vezes encontrava o jogador lá. Desde que ele treine e jogue bem, não sou babá de ninguém. Time de futebol, principalmente o Corinthians, tem que ter uns bandidos, senão não vai - disse Andrés, que categorizou os baladeiros como "bandidos do bem".

- Corinthians tem que ter meia dúzia, dez bandidos do bem. O maior bandido que eu conheci foi Emerson Sheik, mas bandido do bem. Chegava e falava que no dia seguinte não ia jogar. Se fosse campeão dizia pra não contar com ele por dois meses. É assim. Vou falar o que? Foi campeão. Mas tem jogador que fica com a cabeça abaixada, quieto, é o que mais tem.