LANCE!
15/05/2016
19:04
São Paulo (SP)

A má atuação de André no empate com o Grêmio, somada às recentes
eliminações da equipe no Paulista e na Libertadores, despertaram a ira da Fiel. Neste domingo, foi substituído sob as vaias da torcida alvinegra, após perder muitas chances claras de gol na Arena. O jogador tentou ser compreensivo e relevar a atitude, mas pediu paciência para buscar evolução.

- Torcedor é emoção. Lógico que a gente fica chateado com a eliminação. Se eu fiquei, imagina o torcedor. Mas tem que ter paciência, continuar trabalhando para não baixar a cabeça - afirmou o camisa 9.

A impaciência com André não é de agora. O atacante tornou-se alvo de críticas após perdeu pênalti contra o Nacional (URU), o que colaborou para a queda do Timão nas oitavas de final da Libertadores. Tite, contudo, respaldou o atleta e tentou abafar as comparações com Alexandre Pato, carrasco da eliminação para o Grêmio na Copa do Brasil-13, quando bateu pênalti em cima de Dida.

Desta vez, Tite saiu novamente em defesa do atleta. Ele se disse surpreso pelas vaias e recorreu ao exemplo de Vagner Love - que foi de criticado à consagrado na campanha do hexa brasileiro - para pedir paciência aos alvinegros. 

- Eu não posso julgar aqueles que se manifestam, mas esses ajustes que a equipe tem necessidade precisam de mais paciência. Precisa acontecer como com o Vagner Love. Se apoiar, vai ajudar, se não os ajustes vão demorar a acontecer. A torcida do Corinthians se caracteriza por apoiar, essas situações tem me surpreendido - avaliou o treinador.

André e o Corinthians terão outra chance de acalmar a Fiel no próximo domingo, quando o time visita o Vitória no Barradão, pela segunda rodada.