Bruno Cassucci
29/11/2015
19:01
Recife (PE)

A partida valia muito pouco. Ao Corinthians, campeão brasileiro há duas rodadas, estava em jogo a busca por alguns recordes e a manutenção da invencibilidade de dez jogos. Já o Sport, sem mais chances de chegar ao G4, jogava por sua dignidade, uma despedida honrosa diante da torcida em 2015 e... A chance de carimbar as faixas do Timão. Foi isso que o Leão fez na Arena Pernambuco. Superior do começo ao fim, a equipe da casa venceu por 2 a 0, com gols do zagueiro Matheus Ferraz e do atacante André.

Repleto de reservas, o time alvinegro nem de longe pareceu aquele que encantou, faturou o campeonato com sobras e ainda goleou o rival São Paulo na última semana.

Os donos da casa também não foram primorosos, mas apresentaram o suficiente para não sofrerem sustos. O goleiro Danilo Fernandes foi pouquíssimo acionado e o único susto que sofreu foi aos 44 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Edu Dracena quase marcou após bate e rebate na área.


Além da falta de motivação, os comandados de Tite mostraram um pouco de desorganização. Por dentro, diferentemente de como está habituado a jogar, Jadson não rendeu como pode. Vagner Love também esteve abaixo do esperado, e aqueles que poderiam aproveitar a chance para mostrar trabalho estiveram apagados, casos de Cristian e Danilo, por exemplo.

Já do outro lado Diego Souza aproveitou o clima amistoso para dar dribles ousados e jogadas de efeito. O Sport envolvia o adversário com troca de passes e chegadas pelas pontas. Em uma delas, após escanteio curto, Renê cruzou da intermediária, a defesa corintiana fez errado a linha de impedimento e três jogadores surgiram livres na cara de Walter. Matheus Ferraz era um deles e, de cabeça, mandou para a redes.

Nem mesmo atrás do placar o Timão acordou. As famosas e eficientes triangulações elaboradas por Tite não surgiram e a equipe trocava passes sem efeito. O castigo veio no fim. Marlone, impedido, cruzou rasteiro, e André anotou o segundo.

Ao Sport, consolo neste fim de ano. Ao Corinthians... nada que abale a festa do hexa, que deve seguir domingo que vem, contra o Avaí, no "adeus" à Itaquera em 2015.

FICHA TÉCNICA
SPORT 2 X 0 CORINTHIANS


Data/Horário: 29 de novembro, às 17h (de Brasília)
Local: Arena Pernambuco, em Recife (PE)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Bruno Boschilia (Fifa-PR)

Cartões amarelos: Diego Souza, Marlone, Rithely, Wendel, Ronaldo e André (SPO); Jadson e Malcom (COR)
Público e renda: 19.048 presentes / R$ 836.300,00
Gols: Matheus Ferraz, aos 23'/1ºT (1-0) e André, aos 45'/2ºT (2-0)

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely (Ronaldo, 6'/2ºT), Wendel (Neto Moura, 33'/2ºT), Marlone, Diego Souza e Élber (Maikon Leite, 26'/2ºT); André.
Técnico: Falcão.

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Edu Dracena, Gil e Uendel; Cristian (Lincom, 38'/2ºT), Bruno Henrique, Rodriguinho (Malcom, 25'/2ºT) e Jadson; Romero e Vagner Love (Danilo, 19'/2ºT).
Técnico: Tite.