Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, e Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol do clube (Foto: Daniel Augusto Jr)

Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, e Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol do clube (Foto: Daniel Augusto Jr)

LANCE!
24/11/2015
08:35
São Paulo (SP)

O título brasileiro gera festa e euforia no Corinthians, mas também preocupação. O clube sabe que a conquista deixa alguns jogadores ainda mais em evidência e que não será fácil manter o elenco campeão nacional para a próxima temporada.

A diretoria alvinegra já admite publicamente a possibilidade de perder atletas para o mercado europeu no começo de 2016, mas afirma que fará de tudo para minimizar dos danos da janela de transferências internacionais.

- A ideia é tentar manter o máximo possível do elenco, até porque com o nível técnico que todos alcançaram vai ser difícil (segurar a todos). Até o momento não temos nada de proposta. Já sabemos onde queremos reforçar o elenco, já estamos em contato e com negociações para ano que vem estar melhor ainda - afirmou o gerente de futebol do Timão, Edu Gaspar.

Os zagueiros Gil e Felipe e o atacante Malcom são alguns dos mais visados do grupo corintiano. Ralf, que tem contrato até dezembro, e Jadson e Vagner Love, cujos vínculos se encerram no meio do ano que vem, também fazem o sinal de alerta ser aceso no Parque São Jorge.

- Se puder, vou manter 100% do elenco, mas às vezes fica impossível. A ideia é que todos fiquem - comentou o presidente do clube, Roberto de Andrade, que ainda ponderou que "algumas vezes o poder financeiro fala mais alto".