Hierro e Sérgio Ramos

Sergio Ramos confirmou que sabia das conversas entre Lopetegui e Real Madrid (Foto: AFP)

Marcello Neves
14/06/2018
13:44
Rio de Janeiro (RJ)

A polêmica envolvendo a demissão de Julen Lopetegui da seleção espanhola teve dois pilares principais: a falta de comunicação com a Federação e o fato de alguns jogadores do Real Madrid terem conhecimento da negociação antes do presidente Luis Rubiales. De acordo com os jornais Marca e AS, Sergio Ramos foi um dos atletas que sabia das conversas do treinador com o clube espanhol - informação essa confirmada pelo próprio jogador nesta quinta-feira, em concorrida entrevista coletiva em Sochi, onde a Espanha enfrenta Portugal nesta sexta-feira na estreia na Copa do Mundo.

- Quando você é capitão, você acaba sabendo um pouco mais da conta. Nós podemos dar a nossa opinião, mas aqueles que tomam as decisões são outros, nós preferimos ficar de fora. Quanto antes sairmos desse assunto, melhor. Amanhã começa uma Copa do Mundo e temos uma grande partida. Espero que comecemos com o pé direito e quanto antes esquecermos isso, melhor para todos - afirmou Sergio Ramos. 

Ainda sobre a demissão do antigo treinador, Sergio Ramos afirmou que "foram momentos nada agradáveis" e que prefere virar a página sobre o assunto para focar na estreia da Copa do Mundo. O capitão da seleção espanhola também deu seu voto de confiança para Fernando Hierro, que assumiu o cargo após a saída de Lopetegui. A entrevista, no entanto, expôs quão constrangedora ficou a situação espanhola. Hierro foi ofuscado na entrevista, com Ramos tomando a frente ao ponto de interrompê-lo em uma resposta.

- Você tem que virar a página o mais rápido possível, houve momentos nada agradáveis. Julen fez parte desta Copa do Mundo, a fase de qualificação foi ele quem fez, mas a Espanha deve estar à frente de qualquer nome.Poucas pessoas são melhores do que Hierro para cobrir a ausência de Julen, que foi muito importante. Fernando é um nome que todos nós admiramos há muito tempo, espero que possamos fazer algo com esse mesmo sonho - declarou. 


A estreia da Espanha na Copa do Mundo acontece nesta sexta-feira, contra Portugal, às 15h, em Sochi. Pela frente, Sergio Ramos encontrará um importante companheiro de Real Madrid: Cristiano Ronaldo. O zagueiro diz preferir o português como companheiro, mas está pronto para enfrentá-lo no Mundial da Rússia. 

- Eu prefiro tê-lo a favor do que contra, é um alarme permanente, devemos ter sempre em mente que eles têm uma seleção muito completa, uma defesa forte e séria. Eles transmitem segurança e será um jogo atraente para os amantes do futebol, mas amanhã eu não desejo nada de bom para Cris.

Sérgio Ramos se despediu da entrevista com uma brincadeira que reflete o momento de desconfiança da Espanha antes da estreia na Copa.

- Vou encerrar essa entrevista porque isso aqui está parecendo um velório e não uma Copa do Mundo