Sampaoli

Sampaoli deu entrevista coletiva nesta segunda, véspera da partida decisiva - FOTO: AFP

LANCE!
25/06/2018
13:52
São Paulo (SP)

Jorge Sampaoli afirmou diversas vezes durante sua entrevista coletiva em São Petersburgo, palco do decisivo jogo contra a Nigéria, que a seleção argentina dará início a uma arrancada na Copa do Mundo nesta terça-feira.

- Estou seguro de que amanhã vocês vão ver a melhor versão da Argentina neste Mundial - disse o treinador.


A Argentina precisa vencer a Nigéria e torcer para a Islândia não derrotar a Croácia. Os dois jogos começam às 15h. Se os islandeses vencerem, será preciso superá-los no saldo de gols - os hermanos levam desvantagem no momento, com -3 contra -2.

Sampaoli foi questionado algumas vezes sobre as polêmicas que tomaram conta da seleção após a derrota por 3 a 0 para a Croácia. Noticiou-se que os jogadores queriam sua saída imediata, que interferiram na escalação do time, que houve brigas no vestiário... Ele preferiu não entrar em detalhes sobre esses temas, mas reclamou do "mundo virtual" e mostrou confiar na reação dos atletas.

- Estou convicto, muito convicto de que amanhã se escreverá uma nova história para essa seleção. Tenho muitos motivos para acreditar nisso. No mundo virtual, perder uma partida de futebol te faz um perdedor, te faz se sentir como um delinquente, uma pessoa descartável - reclamou.

- Como temos que jogar essa partida? Com o coração. Como uma equipe que está decidida a buscar a classificação desde o começo do jogo e que vai fazer tudo o que estiver ao alcance para conseguir. Estou convicto, pelo que percebo deles, de que amanhã vai ser um ponto de partida. Temos que assumir onde nos metemos. Temos que ganhar cinco partidas até a final e amanhã será a primeira.

Sampaoli não confirmou, mas os treinos da semana indicaram que a equipe terá quatro ou cinco mudanças em relação à rodada anterior. Devem jogar: Armani, Mercado, Otamendi, Rojo e Tagliafico; Mascherano, Enzo Pérez, Banega e Messi; Di María e Higuaín.