Valon Behrami - Suíça

Behrami vai para a sua quarta Copa do Mundo (Foto: JUAN MABROMATA/AFP/)

LANCE!
14/06/2018
07:18
Pool LANCE!/Blick'

O jogo de estreia da Suíça contra o Brasil será o 80º jogo internacional de Valon Behrami, de 33 anos, uma lenda da Copa do Mundo. O Ticino vai jogar sua quarta edição.

- Esta é a fase da minha carreira que eu realmente posso aproveitar. E eu não acho que esta será minha última Copa do Mundo - diz o "guerreiro" Valon Behrami a apenas quatro dias do início do jogo contra o pentacampeão mundial Brasil. Para Behrami um momento muito especial na carreira.

Montagem Lance!/Blick
Lance! e Blick são parceiros no Pool da Copa

Com a sua quarta presença em Copa do Mundo, ele encontra o acesso ao ilustre grupo de lendas do futebol como Pelé, Ronaldo, Cafu, Maradona (Argentina), Xavi, Casillas (ambos Espanha), Paolo Maldini (Itália) ou Miro Klose (Alemanha ). O zagueiro mexicano Rafa Marquez vai comemorar sua quinta participação na Copa do Mundo. Apenas o Lothar Matthaus alemão, Italo goleiro Gigi Buffon e México goleiro Antonio Carbajal estavam presentes em cinco Copas do Mundo.

Foi há quase 13 anos, quando o técnico da seleção Köbi Kuhn, em outubro de 2005, convocou o então garoto de 20 anos da Lazio para as eliminatórias da Copa do Mundo. O duelo era contra a França e terminou empatado por 1 a 1. Behrami substituiu Barnetta nos acréscimos do segundo tempo.

Já no segundo jogo Behrami teve um papel coadjuvante. Na primeira etapa do Mundial, o Coringa no Stade de Suisse precisou de apenas três minutos para marcar contra a Turquia. Graças ao gol de ouro de Behrami, a Suíça venceu por 4 a 2 a Batalha de Istambul e avançou para a Copa do Mundo de 2006.

E a primeira Copa do Mundo de Behrami foi na Alemanha. Sua lembrança de 2006?

- Eu joguei um pouco - disse Behrami. Pouco? Foi apenas um minuto no triunfo de 2 a 0 contra a Coreia do Sul.

E na Copa do Mundo de 2010 na África do Sul? Na histórica vitória por 1 a 0 sobre a eventual campeã Espanha, Behrami se machucou. Depois, contra o Chile, o técnico Ottmar Hitzfeld o escalou desde o início. Depois de 31 minutos, Behrami deu uma cotovelada em Arturo Vidal e foi expulso: "Lá fui eu imediatamente para fora do jogo".

Na Copa de 2014, no Brasil,, Behrami se redimiu e logo na estreia contra o Equador. Nos acréscimos do segundo tempo se tornou um meme do YouTube. Primeiro, Behrami dcesarmou um adversário na área suíça, puxou o contra-ataque e levou um pontapé do adversário. Levantou-se do chão, ainda na altura do círculo central, e projetou o contra-ataque, terminado com o gol de Seferovic: triunfo de 2 a 1 graças a disposição de Behrami de lutar pela bola: "Pela primeira vez eu fui parte importante da equipe nesta Copa do Mundo".

E no domingo contra na Rússia? Na tribuna de Rostov- sua mãe Lara Gut manterá os dedos cruzados diante do Brasil.

* Texto publicado no jornal Blick'da Suíça, parceiro do LANCE! no Pool da Copa