Alemanha x México

Neuer não evita o gol de Lozano e Alemanha é derrota na estreia. Resultado ligou o sinal vermelho no elenco. Após dois dias de treinos fechado, goleiro foi o protagonista da coletiva (Foto: AFP/YURI CORTEZ)

Carlos Alberto Vieira
19/06/2018
10:45
Enviado especial a Moscou (RUS)

A entrevista desta terça-feira na base da Alemanha, que fica em Vatutinik, nos arredores de Moscou, atrasou cerca de uma hora. E quem apareceu foi o goleiro Neuer, que justificou o atraso por causa de uma reunião que o elenco teve pouco antes, quando voltaram a  analisar o comportamento na derrota por 1 a 0 para o México na estreia do Grupo F da Copa do Mundo.

O goleiro se disse desapontado com o que a seleção apresentou, mas que tudo mudará a partir da partida contra a Suécia, pois o time campeão do mundo, mais do que nunca, estará com a faca entre os dentes. E citou que algo parecido ocorreu na Copa de 2014 e aquilo acabou sendo  muito benéfico.

- De agora em diante só teremos finais. E vamos passar neste teste. A derrota para o México nos serviu de alerta, assim como aconteceu naquela partida contra a Argélia na Copa de 2014, que nos chacoalhou e nos deixou focados até a conquista do título. Nunca vi um time tão mordido, as conversar nunca foram tão quentes e fortes após uma derrota como a que vi agora. Todos aqui sabem que é preciso despertar e não vacilar uma segunda vez, pois isso não teria volta – disse.


Para o goleiro, a Alemanha da estreia estava longe daquilo que ela podia apresentar, mas ele negou quando perguntado se havia uma divisão do elenco, colocando de lado os jogadores de 2014 e os mais novos.

- Nada disso, somos uma equipe e a união será importante. O que aconteceu foi grupo não estava 100% atento como em jogos anteriores e agora temos de dar o melhor. O time é muito bom, vai responder contra Suécia e Coreia do Sul e irá se classificar - finalizou Neuer, que não respondeu se existe a possibilidade de alterações na equipe para a próxima partida.

O jogo contra os suecos ocorrem no próximo sábado, em Sóchi. Os suecos lideram ao lado dos mexicanos com três pontos. Coreia do Sul e Alemanha estão na lanterna.