Vinícius Britto
13/07/2016
21:28
Rio de Janeiro (RJ)

O time era quase todo reserva. Até por isso, a falta de entrosamento ficou visível. Mas, dentro do que se propôs, o Botafogo sai tranquilo de Bragança Paulista. Com o empate em 2 a 2, com o Bragantino, no Nabi Abi Chedid, o Alvinegro pode até empatar em 1 a 1 no jogo da volta pela terceira fase da Copa do Brasil, na Arena, para se classificar. Dierson e Núñez marcaram os gols do time.

Os dez minutos iniciais foram de pressão do Bragantino, que criou oportunidades com Erick e Watson. O Botafogo demonstrava certo nervosismo por conta da falta de entrosamento. Natural e esperado pelo técnico Ricardo Gomes. O que ele não contava era que o juiz marcaria pênalti de Carli em falta fora da área sobre Jefferson Baiano. Bruno Pacheco na bola e 1 a 0 no marcador aos 20 minutos de jogo para o Massa Bruta.

Depois, o Alvinegro esbarrou na forte marcação do mandante, que recuou e apostou nos contra-ataques. Quando o placar parecia que iria permanecer o mesmo até o intervalo, a bola parada salvou o Botafogo: Salgueiro cobrou escanteio na cabeça de Dierson que, sozinho, aos 39, empatou a partida.

Na etapa final, o Bragantino até começou incomodando. Eliandro, logo no primeiro minuto, chutou de longe, perto da meta de Sidão. Mas logo a superioridade técnica do Botafogo veio à tona. Diego cruzou na área, o goleiro Felipe afastou mal a bola e Luis Henrique ajeitou para o argentino Núñez fuzilar: virada do Botafogo.

Depois, a intenção do Alvinegro era a de administrar o jogo. Com o Bragantino criando muito pouco - chegando mais no abafa dentro da área - o Botafogo buscou dar a bola ao adversário para explorar os espaços deixados atrás. Contudo, a tática não teve sucesso.

Aos 30 minutos, a defesa alvinegra falhou feio, Emerson Silva ficou assistindo Eliandro dominar livre e empatar. A bola ainda desviou em Carli, tirando qualquer chance de defesa de Sidão: 2 a 2 no placar.

No final, o empate com gols ficou de bom tamanho. O Botafogo traz a vantagem para o Rio de Janeiro. A volta é no dia 27, na Arena Botafogo.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 2 X 2 BOTAFOGO


Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data/hora: 13/7/2016 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF)
Auxiliares: Ramires Cândido (ES) e Leone Rocha (GO)
Renda/público: R$ 17.050,00 / 1434 pagantes
Cartões amarelos: Daniel Pereira, Jefferson Baiano, Rodrigo Sam e Alemão (BRA) e Carli, Diego, Núñez e Dierson (BOT)

GOLS: Bruno Pacheco (20'/1ºT), Dierson (37'/1ºT), Núñez (7'/2ºT) e Eliandro (30'/2ºT)

BRAGANTINO: Bragantino: Felipe, Alemão, Rodrigo San, Eder Lima e Bruno Pacheco; Daniel Pereira, Erick, Edson Sitta (Jobinho - 36'/2ºT) e Tartá (Claudinho - 15'/2ºT) ; Watson e Jefferson Baiano (Eliandro - Intervalo) - Técnico: Marcelo Veiga.

BOTAFOGO: Sidão, Diego, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Dierson e Bruno Silva (Marcinho - 19'/2ºT) ; Gegê (Geovane Maranhão - 35'/2ºT), Salgueiro e Nuñez; Luis Henrique (Vinícius Tanque - 42'/2ºT) - Técnico: Ricardo Gomes.