Ana Canhedo
17/05/2018
21:11
São Paulo (SP)

O técnico Jair Ventura optou por escalar o Santos com nove jogadores reservas, exceção apenas ao goleiro Vanderlei e ao meia Jean Mota, improvisado na lateral-esquerda, e provavelmente não gostou do que viu. Em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, o Peixe acabou derrotado pelo Luverdense por 2 a 1, no estádio Passo das Emas, com direito a escorregão de zagueiro na hora do gol e virada. Mesmo assim, melhor para o Alvinegro no placar agregado: 6 a 3. Vaga garantida às quartas de final da Copa do Brasil.

Agora, a atenção do Santos se volta para São Paulo. A delegação retorna à capital e já fica concentrada na cidade para o jogo de domingo, contra o Tricolor Paulista, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Luverdense, por sua vez, agora tem o restante da Série C do Brasileirão para disputar.

Escorregão
O Santos começou a partida melhor e, em determinado momento, até conseguiu impor seu ritmo na partida. Em boa jogada na linha de fundo, pela esquerda e não em sua ala de origem, o lateral Daniel Guedes cruzou e viu Paulinho empurrar contra a própria meta: 1 a 0 Peixe.

Quem esperava que o Alvinegro ficasse, então, mais com a bola e administrasse bem a vantagem, enganou-se. O Peixe recuou suas linhas e passou a jogar fechado atrás. Pior para a defesa. Em pane geral da defesa, Guedes permitiu cruzamento de Paulinho, Gustavo Henrique escorregou no meio da área antes de chute de Paulo Renê e Vanderlei permitiu que a bola entrasse.

Deu sono
As apostas de Jair pouco funcionaram. No meio-campo, Vecchio e Diego Pituca não conseguiram dar dinâmica ao time, bem como Yuri, passando mal, acabou saindo no começo do segundo tempo. Arthur Gomes e Copete pouco tocaram na bola à frente e, quanto o fizeram, não levaram perigo. Yuri Alberto se esforçou, mas, como centroavante, não contou com o apoio dos pontas.

Quase um 'Luverdazo'...
O segundo gol deixou incrédulo até o goleiro Vanderlei. Com chute no ângulo cruzado do camisa 1 santista, Itaquí deu a vantagem no placar ao Luverdense para delírio dos presentes no Passo das Emas. No finalzinho, quase o segundo do time de Lucas do Rio Verde. Para sorte de Vanderlei, os jogadores que tentaram aproveitar rebote de cabeçada de Rafael Silva estavam impedidos. O goleiro foi obrigado a trabalhar, principalmente em chute de Rubinho, no apagar das luzes.

FICHA TÉCNICA
LUVERDENSE 2 X 1 SANTOS
Local: Passo das Emas, Lucas do Rio Verde (MT)
Data-Hora: 17/5/2018 - 19h15
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ) e Daniel do Espírito Santo Parro (RJ)
Público/renda: Não disponíveis
Cartões amarelos: Paulo Renê (LUV), Daniel Guedes e Copete (SAN)
Cartões vermelhos: -
Gols: Paulinho (contra) (15'/1ºT) (0-1), Paulo Renê (31'/1ºT) (1-1), Itaqui (1'/2ºT) (2-1)

LUVERDENSE: Diogo Silva; Itaqui, André Ribeiro, Kaíque e Paulinho; Moisés (Rubinho, no intervalo), Lorran e Diogo Sodré (Élton, aos 12'/2ºT); Rafael Silva, Lucas Braga e Paulo Renê (Ariel, aos 29'/2ºT). Técnico: Luizinho Vieira.

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Jean Mota; Yuri (Gabriel Calabres, no intervalo), Diego Pituca e Vecchio (Vitor Bueno, aos 12'/2ºT); Arthur Gomes, Copete (Eduardo Sasha, aos 26'/2ºT) e Yuri Alberto. Técnico: Jair Ventura.