Russel Dias
19/10/2016
21:26
São Paulo (SP)

Reservas do Internacional. Titulares do Santos, à exceção de Paulinho. Mas, definitivamente, zebra seria se o Peixe vencesse no Beira-Rio. Assim como foi no primeiro encontro das duas equipes no Brasileirão, o domínio do Colorado prevaleceu na Copa do Brasil. Com gols de Aylon e Sasha, o Inter venceu por 2 a 0 (após perder por 2 a 1 na Vila Belmiro) e avançou para a semifinal.

O Peixe, que já havia sofrido com os reservas do Grêmio no fim de semana, ao empatar em casa pelo Brasileirão, teve dificuldades no ataque e na defesa diante dos suplentes do Internacional. O primeiro gol colorado veio aos nove minutos da primeira etapa. Após cobrança de escanteio, Aylon subiu sem ser incomodado por Luiz Felipe e Thiago Maia e cabeceou tranquilamente, sem chances para Vanderlei.

Depois disso, o Alvinegro teve mais posse de bola, o que não significou domínio da partida. Apesar de ter a bola a todo momento, com os zagueiros adiantados, a maioria dos passes eram no campo de defesa, diante de uma retranca do Inter, que apesar da vantagem, está mais focado no Brasileirão, em que briga para não ser rebaixado.

Os comandados de Celso Roth aproveitaram a exposição da defesa santista e abusaram dos contra-ataques. Fabinho, de longe, assustou Vanderlei, mas chutou para fora.

Já os comandados de Dorival Júnior demonstravam estar consumidos pelo cansaço e viam todas as jogadas serem interrompidas. Ainda assim, o Peixe não abandonou a tática dos toques curtos e de preservar a posse de bola a qualquer custo.

Dorival só foi mexer no time aos 28 minutos da segunda etapa, com a entrada de Longuine na vaga de David Braz.

Na segunda etapa, o Internacional esteve mais perto do que o Santos de chegar ao gol. Em arrancada, Fabinho, que driblou três, deixou Sasha livre, que não teve problemas para vencer Vanderlei.

Ao Santos, fim do dilema sobre qual competição priorizar no ano. Libertadores para o Peixe, só se for via G6, pelo Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2 X 0 SANTOS


Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 19/10/2016 (quarta-feira), às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Público/renda: 15.065 pagantes / R$ 188,390.00
Cartão amarelo: Andrigo (Internacional)
Gols: Aylon, 9'/1ºT (1-0) e Eduardo Sasha, 42'/2ºT (2-0)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes, Eduardo (Ceará - 18'/2ºT), Ernando, Alan Costa e Geferson; Fabinho, Eduardo Henrique, Alex, Andrigo (Valdívia - 26'/2ºT) e Eduardo Sasha; Aylon (Vitinho - 31'/2ºT). Técnico: Celso Roth.

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz (Rafael Longuine - 29'/2ºT) e Zeca (Rodrigão - 42'/2ºT); Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Paulinho (Joel - 35'/2ºT), Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.