Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro
29/09/2016
00:18
São Paulo (SP) 

O Corinthians venceu o Cruzeiro por 2 a 1, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O destaque foi o atacante Romero, que voltou a mostrar seu faro de goleador na Arena. Do lado cruzeirense, Robinho, Willian e Ábila foram os melhores. Confira as notas:

CORINTHIANS

7,0
WALTER

Defesa impressionante no segundo tempo, no momento em que o Cruzeiro pressionava. Jogo muito seguro com os pés.

6,0
FAGNER

Acertou três de cinco tentativas de cruzamento, teve número baixo de passes errados e não comprometeu na defesa.

5,0
YAGO

Bobeou em lance de bola na trave do Cruzeiro, não afastou na hora do gol e deu muito chutão para o alto, sem direção.

6,0
BALBUENA

Discreto, com poucos erros de passe e rebatidas e a boa marca de só uma falta cometida ao longo da partida.

6,0
GUILHERME ARANA

Bem ofensivamente, em especial no primeiro tempo. Depois, ficou mais preso e não deu brechas aos ataques do Cruzeiro.

6,5
CAMACHO

Seguro na marcação e eficiente na saída de bola. Realizou desarmes difíceis e decisivos e foi arma no contra-ataque.

6,5
MARQUINHOS GABRIEL

Cumpre função tática de acompanhar os laterais com rara eficiência, mas falta drible, improviso e técnica no ataque.

6,0
GIOVANNI AUGUSTO 

Errou mais passes do que sua posição recomenda, mas criou chances e quase marcou de fora da área. Atuação regular.

6,5
RODRIGUINHO

O que mais perdeu bolas, mas também quem mais propôs o jogo no Corinthians. Importante ao time chegando de trás.

7,0
MARLONE

Aplicado taticamente no primeiro tempo, mas decisivo no segundo, quando teve mais espaço e deu até assistência.

7,5
ROMERO

Presença de área no lance do primeiro gol e oportunismo no segundo. Maior artilheiro da Arena fez jogo bem consistente.

6,0
WILLIANS

Entrou vaiado, mas foi importante para segurar a vitória do Corinthians, com uma marcação próxima e forte pelo meio.

6,0
LUCCA

Teve pouco tempo para desempenhar seu futebol, mas até criou uma boa chance e abriu espaço entre os zagueiros.


RILDO

Pouco tempo em campo. Sem nota.

6,0
FABIO CARILLE

Só mudou o time depois de sofrer gol, o que mostra que poderia ter antecipado os problemas. Time foi só regular.

CRUZEIRO

6,0
RAFAEL 

Fez boa defesa antes de sofrer o primeiro gol. Não teve culpa.

4,5
LUCAS

Apenas observou o Corinthians criar pelo seu setor.

5,0
MANOEL

Ficou perdido em alguns lances. Quase marcou de cabeça.

4,0
LÉO

Chegou atrasado e fez contra. Não acompanhou Romero no segundo gol.

5,0
EDIMAR

Sofreu para marcar, mas foi boa opção na frente no segundo tempo.

6,0
HENRIQUE

Deu espaços em alguns lances, mas também foi preciso nos cortes.

5,0
ARIEL CABRAL 

Praticamente não apareceu e foi o primeiro a ser substituído.

6,5
ROBINHO

Não vinha fazendo um bom jogo, mas aproveitou a chance e marcou.

6,0
RAFINHA

Participou de boas jogadas na etapa inicial, mas caiu de rendimento.

6,0
SOBIS

Fez boas tabelas com Rafinha, mas também diminuiu o ritmo depois.

6,5
WILLIAN

Movimentou-se, incomodou a zaga corintiana e acertou a trave.

6,0
ARRASCAETA

Conseguiu organizar a pressionar após o segundo gol sofrido.

6,5
ÁBILA

Excelentes domínio e passe no lance do gol do Robinho.

6,0
ALISSON

Ajudou a pressionar e voltou para recompor atrás.

6,0
MANO MENEZES

Mesmo com cinco titulares poupados, time fez um bom jogo.