LANCE!
27/07/2016
21:53
Rio de Janeiro (RJ)

Com uma dose de drama, o Botafogo conseguiu uma vitória por 1 a 0 nesta quarta-feira sobre o Bragantino, pela terceira fase da Copa do Brasil, e avançou às oitavas de final ao vencer o Massa Bruta na Arena Botafogo. Segundo a avaliação do LANCE!, Vinícius Tanque, Camilo, Airton, Luis Ricardo e Salgueiro levaram as maiores notas. Concorda? Vote aqui!

BOTAFOGO
5,5
SIDÃO

Pouquíssimo exigido pelo Bragantino na sequência da partida. Não teve que fazer nenhuma grande defesa.

6,0
LUIS RICARDO

Válvula de escape pela direita, conseguia aparecer com volume no ataque. Contudo, não acertou os cruzamentos.

5,0
RENAN FONSECA

Começo firme, quando pouco exigido. Na etapa final, cometeu erros primários, conforme o adversário apertava.

5,5
EMERSON

Apesar do pouco trabalho, ainda demonstra momentos de afobação e falta de sintonia com o jogo. Precisa evoluir.

5,5
DIOGO BARBOSA

Parecido com Luis Ricardo: até chegou ao ataque, mas sem dar sequência aos lances. Atrás, ainda deixa espaços.

6,0
AIRTON

É o jogador da transição defesa-ataque. Domina a região central e distribui a bola. Pouco trabalho na marcação.

5,0
RODRIGO LINDOSO

Não dava sequência as jogadas. Mais adiantado - pela esquerda - deu muitos passes para trás e sem objetividade.

4,5
BRUNO SILVA

Lento pela direita, não ajudou Luis Ricardo na criação e parecia cansado na recomposição. Torcida pegou no seu pé.

6,5
CAMILO

É a grande esperança de criação ofensiva. Acertou o travessão e todos os bons lances saiam de jogadas suas.

6,5
NEILTON

Se movimentou bastante e pode ser observado pelos dois lados. Apesar de alguns erros, deu bela assistência no gol.

6,0
CANALES

Ainda sem sua melhor forma física, tentou buscar jogo. Não esteve bem. Quase marcou de cabeça no primeiro tempo.

6,0
SALGUEIRO

Melhorou a produção ofensiva e ainda se esforçou na recomposição. Quase deixou o seu, mas chutou fraco.

7,0
VINÍCIUS TANQUE

No seu primeiro toque na bola, chutou por cima de Felipe e garantiu a classificação para as oitavas. Teve estrela.


DIERSON

Entrou para gastar tempo no final e quase não tocou na bola.

6,5
RICARDO GOMES

Foi bem ao dar oportunidade a Vinícius Tanque. Apesar do placar magro, seu time dominou o jogo quase inteiro.


BRAGANTINO
5,5
Felipe

Fez uma boa defesa no jogo. De resto, pouco exigido nas finalizações.

5,5
André Rocha

Correu muito e se esforçou na marcação pelo lado direito.

6,5
César Gaúcho

Teve trabalho, mas se saiu bem no combate a Canales.

6,0
Éder Lima

Junto com o César, foram firme no miolo de zaga do Braga.

4,5
Bruno Pacheco

Falhou ao não acompanhar o Tanque pelo lado esquerdo

5,0
Daniel Pereira

Ajudou muito pouco no início das jogadas de ataque.

6,5
Gabriel Silva

Firme na marcação e proteção dos zagueiros do
Massa Bruta.

5,0
Tartá

Deu um bom chute no início e só. Pouco para o camisa 10 da equipe.

5,5
Erick

Deu velocidade e correu muito na transição ofensiva.

5,0
Claudinho

Foi o jogador que menos apareceu do setor ofensivo do Bragantino.

6,0
Eliandro

Prendeu os zagueiros e conseguiu prender bem a bola.

5,0
Jobinho

Entrou para os 15 minutos finais, e contribuiu pouco no resultado.

5,5
Marcos Paullo

Com o time aberto, buscou sair para pressionar no final.


Watson

Entrou faltando cinco minutos.

5,5
Marcelo Veiga

Dentro do possível, seu time jogou por uma bola. Que acabou não vindo. O contra-ataque não funcionou.